O cantor Stromae viu-se obrigado a cancelar a atual "digressão devido a doença", informa a Everything is New. No comunicado, enviado pela produtora do NOS Alive, pode ler-se que esta notícia chega depois do cancelamento do espetáculo do passado sábado em Kinshasa, na República do Congo. Stromae fez exames médicos e os resultados revelaram que o cantor "sofre efeitos secundários do tratamento para a Malária". No mesmo comunicado, a organização informa que vai revelar em breve a nova confirmação para o Palco NOS.

A informação do estado de saúde do cantor Paul Van Haver foi avançada, este domingo, pelos produtores do cantor. Estes informam que a saúde de Paul tem de ser seguida nas próximas semanas, o que faz com que todos os concertos até agosto sejam cancelados, onde está incluída a passagem pelo Passeio Marítimo de Algés. Este cancelamento inclui, não só o NOS Alive, como também o Wireless Festival, no dia 5 de julho, em Londres, o Benicassim, no dia 17 de julho, em Espanha, ou o Lollapalooza Festival, no dia 2 de agosto, em Chicado.

Os promotores locais do concerto que se iria realizar em Rwanda, no dia 20 de junho, dizem já ter recebido centenas de chamadas de vários fãs. "Imagino como ele é adorado em Rwanda", acrescentam. Este era, aliás, um local importante para o cantor. No concerto no Dakar, Stromae confidenciou que "assim que fico mais perto de Rwanda, acontecem muitas coisas comigo, honestamente. Eu não sei o que esperar".

A passagem do cantor belga pela edição deste ano do NOS Alive seria a sua estreia em Portugal. Recorde-se que Stromae viria para apresentar o seu segundo álbum, Racine Carrée, que tem como grandes singles o mexido Papaoutai ou a balada Formidable. A fama mundial do cantor aconteceu, em 2010, com o dançante Alors On Dance, um grande sucesso em todas as pistas de dança.

O NOS Alive acontece entre os dias 9 e 11 de julho no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. Os passes de três dias e os bilhetes diários para dia 9 de julho já se encontram esgotados, contudo a organização colocou à venda passes de dois dias que, por 89€, garantem o acesso a dia 10 e 11 de julho. Os bilhetes diários para dia 10 ou 11 de julho têm um custo de 55€.

#Festivais