Zack Snider, realizador de Homem de Aço e da sequela Batman v Super-Homem: O Despertar da Justiça, teve uma entrada triunfal na célebre Comic-Con de São Diego. No passado dia 11 de Julho chegou no novo Batmobile e causou sensação entre todos os fãs presente. No entanto, o ponto alto foi mesmo o novo trailer que revelou de Batman v Super-Homem: O Despertar da Justiça. A nova selecção de imagens esclarece as dúvidas que estavam no ar depois do final do anterior filme e em relação à natureza da sequela.

As expectativas criadas com Homem de Aço simplesmente não foram cumpridas para muitos fãs. A opinião generalizada de todos os que não gostaram do filme foi a quase absurda destruição de Metropolis e a aparente falta de preocupação de Super-Homem por todas as vidas em risco (e previsivelmente perdidas). Um outro aspeto, foi o final em que Kal-El é forçado a tirar a vida de General Zod de forma a salvar uma família terrestre. A destruição foi tão massiva que ficou a sensação de que era irreal - mais irreal que ter um homem que voava com uma capa vermelha.

Zack Snyder manteve-se em silêncio acerca de todas estas críticas que inflamaram a Internet durante praticamente dois anos, mas recentemente quebrou esse mesmo silêncio e, numa entrevista à Entertainment Weekly, referiu que essas consequências que acusam de ser a falha do anterior filme são o ponto fulcral de Batman v Super-Homem: O Despertar da Justiça. Segundo o realizador, tais críticas surgiram-lhe como surpresa porque para ele todo o conceito do Super-Homem é exactamente de não poder ter super-heróis a destruir tudo e não haver consequências.

E no próximo filme a principal consequência será ter o Batman como grande inimigo. Ben Affleck também gostou do final do filme anterior exactamente pela mesma razão, por mostrar que existem consequências para a violência e que existiam pessoas reais que perderam as suas vidas naqueles edifícios que ruíram. Assim, o principal ponto de desagrado de muitos fãs poderá ser a razão que os fará gostar do mítico embate entre os dois mais famosos super-heróis da DC Comics.

O novo trailer revelado por Snyder na Comic-Con de San Diego evidencia mesmo esses pontos, no entanto, ainda levanta mais um pouco do véu acerca do novo filme. Revela que Bruce Wayne interpretado por Ben Affleck estava em Metropolis quando toda a batalha com o General Zod ocorreu. Também vemos Lex Luthor, interpretado por Jesse Eisenberg - um actor que também levantou algumas críticas pela sua escolha - a apoderar-se do corpo de General Zod e de Kryptonite.

E por último, além de algumas cenas de batalha entre os dois super-heróis, também é possível ver a Mulher Maravilha/Princesa Diana a aparecer em acção, personagem que segundo Snyder, tem um papel importante em toda a história, assim como também nos #Filmes que se seguem, introduzindo o núcleo central da Liga da Justiça.

Ainda falta um pouco para 25 de Março de 2016 e as expectativas subiram mais com este novo trailer, que já está disponível por toda a Internet. Tal como aconteceu com Homem de Aço, a cada trailer que foi lançado, a fasquia foi elevada em termos de intensidade. Resta saber se no final o sentimento de desilusão também será semelhante. #Cinema