02.30h Filii Nigrantium Infernalium encerram a segunda noite com muita animação. Começam o concerto por dar boas noites a Lagos e não Vagos. Engano ou já fazia parte do gozo? Durante toda a atuação de necro rock'n'roll como os elementos da banda se identificam, predominaram as críticas à igreja mas de uma forma cómica.

Os Filii assinalam este ano de 2015 o seu vigésimo aniversário de A Era do Abutre.

Venom a banda que pisou o palco antes era das mais esperadas da noite. Os "pais" do black metal estão a promover o seu décimo quarto trabalho intitulado From the Very Depths. Em uma hora e meia tocaram temas como Black Metal, Rise, Resurrection, Die Hard e Countess Bathory.

Cronos é a lenda dá a voz aos Venom.

Publicidade
Publicidade

O baterista Danny "Dante" Needham é simplesmente uma brutalidade na bateria. O trio completa-se com Stuart "La Rage" Dixon na guitarra.

23.23h Apenas uma palavra para o concerto que os Black Label Society estão a dar: Perfeição.

Agarraram o público mesmo antes de entrarem em palco com uma entrada ao som da Whole Lotta Sabbath. Zakk Wylde mostra os seus dotes com solos de guitarra estrondosos que deixam qualquer um de boca aberta. Mas não fica por aí, solos ao piano que hipnotizam. No entanto o exagero de solos tornam o espetáculo um pouco repetitivo. Grande presença em palco. Algumas quebras entre os temas eram desnecessárias e fazem o público arrefecer.

21.35h A promover o seu mais recente trabalho Melana Chasmata os Triptykon ocuparam o palco por uma hora e meia. Ambiente mais introspetivo, com muito headbanguing como é próprio do death/black metal.

Publicidade

Saíram do palco com muitos aplausos e o público a aclamar o nome da banda

19.38h Destruction a destruir tudo com o seu degisto rápido e brutal. Thrash metal ao mais alto nível.  Temas como Bestial Invasion, Mad Butcher e Nailed to the Cross  estão a fazer as delícias dos fãs que não param no sitio.  Um pequeno problema de som quase a terminar o concerto que em nada prejudicou a prestação da banda que já anda em palcos há mais de trinta anos.

18.19h saem os Mutant Squad do palco. Três jovens com muita atitude a mostrar bom thrash metal.

17.17h O segundo dia do Festival Vagos Open Air 2015 já arrancou. O festival de peso que se realiza na Quinta do Ega em Aveiro, prepara-se para ter casa cheia este sábado. Vão pisar o palco neste dia 8 de Agosto, W.A.K.O. às 17h, em seguida Mutant Squad às 17.45h, Destruction às 18.45h, Triptykon às 18,45h, os americanos Black Label Society às 22h, os muito aguardados Venom às 24h, e para terminar a noite os convidados especiais Filii Nigrantium Infernalium.

Publicidade

Os We Are Kilking Ourselves mais conhecidos apenas pelas siglas W.A.K.O. apesar de terem a dificil tarefa de abrir a tarde, entraram em palco com força e já estão a fazer o público transpirar.

Largas centenas de pessoas para não dizer mais, já estão em alvoroço ao som da banda de Almeirim. A banda que nasceu em 2001 está a provar que mereciam tocar num horário mais nobre. Muito bons em todos os níveis.  Som, presença, atitude.

Este sábado promete.

Sigam a Blasting News durante todo o dia e noite para saber o que se está a passar no VOA 2015.

  #Directo #Concertos