Os Aborted  comunicaram no dia 19 de Setembro, através de uma declaração oficial, a saída do guitarrista Danny Tunker. Tunker estava na banda desde 2012, participando nas gravações do EP “Scriptures Of The Dead” e do álbum “The Necrotic Manifesto”, ambos lançados em 2014. Segundo a banda, a decisão partiu do guitarrista, que quis dar um rumo diferente à sua vida. A banda de death metal assegura não haver qualquer desentendimento ou cortar de relações entre as duas partes.

Na declaração emitida, a banda diz que os três anos que o guitarrista Danny Tunker passou com o grupo foram fantásticos e que compreendem perfeitamente a sua decisão e até o apoiam na sua busca pela felicidade.

Publicidade
Publicidade

Referem que combinar uma vida normal com um emprego das oito às cinco é praticamente incompatível com o pesado horário da banda. Pedem ainda aos fãs o seu maior respeito tanto pelo guitarrista, como pela própria banda, afirmando que não há necessidade para qualquer tipo de drama ou de rumores.

No mesmo comunicado são juntas as declarações do próprio Danny Tunker, em que o mesmo refere que nos últimos meses passou por uma busca interior até chegar a esta decisão de abandonar os Aborted. Classificou a sua estadia na banda como uma grande viagem e disse que fica grato aos Aborted por tudo o que aconteceu. Deseja o melhor à banda, afirmando que precisa de uma mudança na sua vida. Esta decisão não impede que participe nos espectáculos que os Aborted vão fazer no Cairo e Telavive, antes se dedicar aos seus futuros projectos, inclusive a sua banda paralela Alkaloid.

Publicidade

Acaba agradecendo à banda e a todos os que tornaram estes três anos completamente inesquecíveis.

Em relação ao futuro, a banda refere que vão fazer audiências nas próximas semanas e lembra aos fãs que não há nada a temer em relação aos espectáculos agendados, porque todos serão cumpridos. Referem ainda que estão a trabalhar arduamente no próximo álbum de originais e que antes do final do ano terão uma surpresa a revelar a todos os fãs. Acabam dizendo que mesmo que esta saída não fosse desejada pela banda, desejam o melhor para Danny e para os seus projectos futuros e que a vida continua, tendo os Aborted a intenção de continuar a dar 200% pelos fãs que têm espalhados pelo mundo. #Música