Em cena desde 1993, o famoso 'Slavas' Snow Show' de Slava Polunin regressa aos palcos portugueses pelas "mãos" da empresa de #Entretenimento UAU. O Coliseu do Porto e o Centro Cultural de Belém são as salas escolhidas. Durante uma semana em Portugal, um mundo mágico envolvido pela arte circense leva o público de diferentes idades a uma viagem emocionante. Uma peça sem texto e sem diálogos, que nos relembra os filmes de Chaplin.

O Coliseu do Porto foi palco deste espetáculo nos dias 02 de Outubro com sessão às 21.30h, e no dia 03 às 17.00h e às 21.30h. Do dia 6 a 11 de Outubro é a vez do Centro Cultural de Belém com sessões às 21.00h e no sábado e domingo também às 17.00h.

Publicidade
Publicidade

Os bilhetes podem ser adquiridos nos locais habituais e vão de 12,5€ a 35€ conforme os lugares.

No dia 02 de Outubro às 21.30h com a sala do Coliseu do Porto não esgotada mas muito composta, apagam-se as luzes e dá-se início à magia que o 'Slava's Snow Show' proporciona.

Asisyai, nome do palhaço hoje considerado o mais famoso do mundo, aparece em palco num macacão amarelo e chinelos felpudos vermelhos. Com interpretações de uma enorme qualidade, este palhaço consegue espoletar no público reações de tristeza, introspeção e de felicidade extrema. As gargalhadas espontâneas de todo o público, mas principalmente das crianças, são contagiantes.

Trata-se de uma peça sobre o amor, solidão, desejo de compreensão humana, sobre a felicidade da descoberta e da amargura da perda. Entre os diversos momentos cómicos temos uma verdadeira avalanche e consequente tempestade de "neve".

Publicidade

Milhares de papéis cortados aos bocadinhos saem disparados do palco e atingem o público. Teias de algodão que saem do palco e cobrem toda a plateia, uma chuva de bolas coloridas e milhares de papéis que caem do teto. Tudo acompanhado com banda sonora a rigor conforme a intensidade das cenas.

A interação com o público é uma das grandes qualidades desta peça. Muitas vezes os palhaços descem o palco para caminhar em cima das cadeiras por entre o público, aproveitando para brincar com estes e "roubar" as carteiras às senhoras. Mas estas brincadeiras nem sempre saem a seco. Numa das saídas, os artistas aparecem munidos de guarda-chuvas o que fazia prever que algo se ia passar. Descontraídos colocam garrafas de água no espeto em cima do guarda-chuva e rodam sem parar fazendo com que a água caísse em cima do público sentado, que nem chuva.

No final do espetáculo, que dura cerca de duas horas apenas com um pequeno intervalo, saem bolas coloridas gigantes do palco para cima da plateia. O final deixa de ser final uma vez que praticamente todo o público fica na sala a brincar com as bolas.

Publicidade

Os artistas russos também não saem de cena. Sentam-se na berma do palco para delícia dos presentes que aproveitam para tirar fotografias com eles. A brincadeira continua com #Dança no palco e jogo de flirt dos palhaços com algumas senhoras ao entregarem-lhes papeizinhos na mão como se de um bilhete se tratasse.

Com mais de 20 anos em cena o 'Slava's Snow Show' está em plena forma para mais vinte. Sem sombra de dúvida um grande espetáculo para toda a família. #Artes