Depois de uma obra-prima como “A Night At The Opera” dos Queen, a fasquia ficou elevada para níveis extraordinários. Não só para os Queen como também para o rock em geral. No entanto, 1976 apresentou-nos um ano igualmente bom e um endurecimento no som, com muitas bases do heavy metal a serem ainda mais aprofundadas. Com o punk já à espreita, este foi um ano em que o rock tradicional e o hard rock dominaram supremos. Comecemos a viagem por 1976, pelos seus 10 grandes destaques e por um extra, que faz todo o sentido em ser referenciado aqui.

Lugar de honra - Aerosmith – “Rocks” – Um dos trabalhos mais clássicos da primeira fase da banda, com músicas que influenciaram toda uma geração de músicos tanto de hard rock, como de heavy metal, como de thrash metal, desde os Metallica aos Testament passando pelos Guns N' Roses.

Publicidade
Publicidade

10 – Eagles“Hotel California” – Os Eagles já eram uma banda estabelecida nos E.U.A., mas foi com o seu 5º álbum e com o seu tema título que iriam explodir no resto do mundo, com 32 milhões cópias vendidas. Poderá até não apreciar-se temas como “New Kid In Town” e “Life In The Fast Lane”, mas “Hotel California” é uma das grandes músicas rock de sempre, indiscutivelmente.

9 – Ramones“Ramones” – O punk rock nasceu aqui. Mesmo que tenham sido desprezados pelo mundo após os Sex Pistols, que estabeleceram a imagem do estilo, os Ramones estabeleceram o som e por isso são considerados com justiça os padrinhos do género. “Blizkrieg Bop”, “Beat On The Brat” e “53rd & 3rd” são clássicos da banda.

8 - Camel“Moonmadness” – Com a pressão de suceder “The Snow Goose”, os Camel não se deram mal, com um dos grandes clássicos deste ano no que ao rock progressivo diz respeito.

Publicidade

7 - Thin Lizzy“Jailbreak” – O álbum que fez com que a banda irlandesa conseguisse chegar aos E.U.A.. O tema-título, “Emerald” e principalmente “The Boys Are Back In Town” são temas que levaram o nome Thin Lizzy a todos os cantos do mundo.

6 - AC/DC“Dirty Deeds Done Dirt Cheap” – Segundo álbum lançado internacionalmente por esta banda hard-rock que viria a tornar-se uma das maiores do planeta. O tema título, “Problem Child” e “Rocker” são grandes clássicos da banda, enquanto “Ride On” é a única balada que escreveriam até aos dias de hoje.

5 - Judas Priest “Sad Wings Of Destiny”“Tyrant”, “The Ripper” e sobretudo “Victim Of Changes” foram a face do heavy metal em 1976. O segundo álbum que estabeleceu definitivamente a sua identidade.

4 - Queen – “A Day At The Races” – Mais rock, mais directo mas não perdendo aquela sensibilidade demonstrada no álbum anterior, este é um excelente álbum por parte dos Queen, a solidificar o seu lugar entre as maiores bandas de sempre, e com mais uma série de músicas que continuam a fazer parte do alinhamento da banda hoje em dia.

Publicidade

3 - Rainbow“Rising” – Longe do funk dos seus últimos dias nos Deep Purple, o segundo álbum dos Rainbow de Ritchie Blackmore é um clássico intemporal do hard’n’heavy, que aqui teve uma ajuda preciosa da voz do heavy metal, Ronnie James Dio.

2 – Led Zeppelin“The Song Remains the Same” – Banda sonora do filme com o mesmo nome, este foi o primeiro álbum ao vivo da banda e um dos grandes álbuns clássicos ao vivo, capturando toda a energia e classe de uma das maiores bandas de sempre.

1 - Rush“2112” – Um álbum semi-conceptual de uma banda num dos seus melhores momentos de sempre. Quando a sua editora os pressionou para não fazerem temas longos, devido aos fracos resultados comerciais de “Caress Of Steel”, a banda ignorou essas pressões e fez aquele que foi o seu primeiro grande êxito. A prova de que a #Música complexa e intricada também é a fórmula para o sucesso.