O fenómeno mundial de "The Hunger Games: Mockingjay Part 2” (em Português, “Os jogos da fome: A Revolta – Parte 2”), já chegou às salas de cinemas portuguesas. Apesar de estar previsto que a estreia global fosse dia 20 de Novembro, o filme estreia hoje, dia 19, em Portugal. Nos Estados Unidos a estreia será amanhã.

Depois de revelado o trailer do último filme da saga, em Junho, milhares de fãs de todo o mundo ficaram ainda mais ansiosos para verem o final da história de Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) na luta contra o Capitólio. O filme é um dos mais esperados da semana. Os bilhetes estão à venda já há algum tempo, portanto poderá deparar-se com salas esgotadas nos primeiros dias.

Publicidade
Publicidade

O último capítulo da saga “The Hunger Games: Mockingjay Part 2” é, mais uma vez, realizado por Francis Lawrence. O filme continua com o desenvolvimento da história da nação de Panem. Com a guerra, Katniss, que é considerada a líder da rebelião, tem um único objetivo em mente: matar o presidente Snow (Donald Sutherland), que tenta destruir a todo o custo o distrito 13. Para conseguir cumprir o que deseja, Katniss, Gale (Liam Hemsworth), Finnick (Sam Claflin) e Peeta (Josh Hutcherson) saem numa missão perigosa com o distrito 13. O grupo enfrenta várias armadilhas e inimigos quando se infiltra no Capitólio. Mas eles estão dispostos a enfrentar tudo e todos para conseguirem libertar o povo de Panem e acabar com a guerra e destruição.

“The Hunger Games” baseia-se nos livros de aventura e ficção científica escritos pela norte-americana Suzanne Collins, que foram inicialmente publicados nos Estados Unidos em 2008.

Publicidade

Em 2012, a trilogia adaptou-se ao #Cinema e foi lançado o primeiro filme da saga. A partir daí, “The Hunger Games” ganhou uma nova dimensão e conquistou milhares de fãs em todo o mundo.

Os livros e os #Filmes anteriores fizeram um enorme sucesso e facturaram milhões de euros. A expectativa para o fim da saga mantém-se elevada e espera-se atingir uma receita de milhões de euros nas bilheteiras de todo o mundo.