Os Ragnarok terminaram as gravações do seu oitavo álbum. A informação foi oficializada pela editora da banda, a polaca independente Agonia Records (casa de bandas como os The Moth Gatherer), através de um comunicado de imprensa lançado esta quinta-feira, dia 10 de Dezembro. Com o título “Psychopathology”, o novo título da banda de black metal norueguesa está com data prevista de lançamento para o início de 2016. O trabalho foi gravado, misturado e masterizado nos Endarker Studio, na Suécia, tendo como produtor Devo, actual baixista dos Marduk.

O fundador e frontman Jontho dirigiu-se aos fãs da banda, no mesmo comunicado de imprensa, afirmando que a espera finalmente chegará ao fim em 2016, quando for lançado “Psychopathology”.

Publicidade
Publicidade

Afirmou com total convicção que o álbum será o melhor que o colectivo norueguês lançou em toda a sua carreira, que foi o resultado de muita dedicação, trabalho árduo e dos talentos musicais do actual alinhamento do grupo e que se trata do próximo estágio de evolução tanto a nível musical como lírico. Será um convite para mergulhar profundamente sobre os cantos mais obscuros da mente humana.

Este será o primeiro álbum na carreira dos Ragnarok que não vai contar com Jontho na bateria. Passando para o papel de frontman, o seu lugar foi ocupado por Malignant, baterista dos Dauden, que se juntou à banda no ano passado. Bolverk continua nas guitarras e DezeptiCunt tem aqui a sua última presença num trabalho da banda, já que já foi anunciado que abandonará o grupo para se concentrar em novos projectos.

Publicidade

Sobre esta saída, Jontho comenta que a informação surgiu após as sessões de gravação terem terminado. Como os Ragnarok são uma entidade que exige 100% de dedicação dos seus membros e como nem a banda nem o próprio músico sentiram que ia ser possível entregar essa mesma dedicação, decidiram seguir caminhos separados. Sobre este assunto refere ainda que estão gratos pelos oito anos na banda e desejam felicidades para o seu futuro. A prioridade agora passa por levar o seu tempo para escolher o sucessor ideal, mas enquanto a escolha não é feita, será utilizado um músico de sessão para os próximos compromissos ao vivo.

  #Música