Os Nothing vão lançar o segundo álbum a 13 de Maio de 2016. A notícia foi avançada hoje, dia 9 de Fevereiro, pela editora da banda, a Relapse Records, através de um comunicado de imprensa. O título do trabalho será “Tired Of Tomorrow” e já é possível visualizar a sua capa na galeria deste artigo. A banda norte-americana, que causou um impacto considerável com o seu álbum de estreia, “Guilty Of Everything”, reunindo consenso entre crítica e fãs da #Música pesada, regressa assim aos lançamentos após dois anos de silêncio.

O já referido álbum de estreia foi mencionado como um dos mais refrescantes trabalhos de música pesada dos últimos tempos.

Publicidade
Publicidade

O site Noisey referiu-se mesmo a “Guilty Of Everything” como o mais completo, satisfatório e original trabalho de shoegaze desde que esse movimento se esgotou. Uma das perguntas que pode ficar frequentemente na cabeça das pessoas é o porquê de os Nothing tocarem tão alto. Na generalidade, o volume foca-se na negatividade, misantropia e na condição humana, no entanto, no caso dos Nothing, apesar da sua atitude ser congruente com estas ideias, a sua personalidade e identidade não vem de uma lista de lugares comuns pré-estabelecidos. Foi moldada a partir das suas próprias experiências, de problemas familiares e tragédias pessoais, onde uma maré de azar típica da Lei de Murphy impera. E o volume alto, mais do que uma estratégia comercial, é a única forma da banda exorcizar todos os seus problemas: transformá-los em música.

Publicidade

O novo trabalho “Tired Of Tomorrow” nasce de uma cadeia de eventos que forçou o frontman Domenic Palermo a repensar e reformular drasticamente a sua perspectiva sobre a música e a própria vida. Pegando em recordações pessoais e obras do género, os Nothing trabalharam nas influências mais profundas da sua juventude e colocaram tudo num pacote que é bem relevante no momento actual.

A intenção seria que “Tired Of Tomorrow” fosse lançado pela Collect Records, até que a banda descobriu que a editora foi financiada pelo agora infame Martin Shkreli, cujo catálogo se dissolveu sobre o peso da controvérsia à volta dele – muitas bandas decidiram cancelar os seus contratos e apesar de Geoff Rickly, fundador da banda, ter cortado ligações com Shkreli, o principal financiador, a editora ficou sem forma de cobrir as suas dívidas. Apesar do álbum ter sido escrito antes de toda esta questão, Dominic Palermo encara estes acontecimentos como algo que fortaleceu o conceito e a razão primordial por trás de “Tired Of Tomorrow” em vez de confundir a sua mensagem.

Publicidade

Este foi o caso com o próprio álbum de estreia “Guilty Of Everything”, que foi inspirado em grande parte pelos eventos à volta da prisão de Palermo em 2002, resultado de uma condenação de ataque agravado (que Palermo alegou como auto-defesa). Esse mesmo trabalho, além de ter sido reconhecido pela crítica, também permitiu que os Nothing tivessem tocado incansavelmente pela Europa e América do Norte, tocando com bandas como DIIV, Merchandise, Torche, Hum e Failure, entre muitos outros. A este propósito, é esperado o iminente anúncio de mais datas para 2016. A 13 de Maio de 2016 será a data do lançamento mundial de “Tired Of Tomorrow” pela Relapse Records.

Abaixo o teaser para o lançamento do álbum: