Em Londres, ​​novas descobertas arqueológicas dão mais pistas sobre o nascimento do teatro inglês. E prometem ter impacto no turismo. Estão a decorrer escavações em torno do #Teatro Curtain,  que esteve ligado a várias peças emblemáticas inglesas, sobretudo de Shakespeare. Este trabalho é uma iniciativa promovida pelo Museu da Arqueologia de Londres. 

As escavações de um teatro que remonta aos séculos XVI e XVII em Shoreditch revelaram que, contra todas as expectativas, o teatro construído para o efeito era retangular. A forma retangular revela que o Curtain foi modelado em pátios de quatro lados, ao contrário de outros teatros da época, como o The Globe. "É uma total surpresa para nós", disse ao jornal The Independent um dos principais estudiosos de Shakespeare do Reino Unido, o professor Stanley Wells, presidente honorário do Shakespeare Birthplace Trust.

Publicidade
Publicidade

Escavações realizadas pelo Museu da Arqueologia de Londres, durante a semana passada, revelaram que o teatro Curtain foi um dos três primeiros teatros construídos de propósito na Inglaterra. A investigação conseguiu já revelar a superfície em cascalho do pátio aberto do teatro, local onde os espetadores menos ricos se sentavam. Foram também encontradas paredes e galerias do teatro. 

Mas talvez a descoberta mais tentadora feita pelos arqueólogos seja o apito de cerâmica do final do século XVI. Embora tais objetos fossem muitas vezes utilizados como brinquedos por crianças nos períodos dos Tudor e dos Stuart, este apito foi descoberto na área do Teatro Curtain, o que levanta a hipótese de ter ter tido alguma ligação com as performances teatrais, nomeadamente durante o desempenho de "Romeu e Julieta" no Teatro de Curtain em 1598.

Publicidade

Este apito pode ter sido adequado para a famosa cena em que os dois amantes discutem sobre se um pássaro canta fora da sua janela é um Nightingale (um pássaro que canta muitas vezes durante a noite) ou uma brincadeira. É um momento crucial na produção. 

O Teatro Curtain foi um dos espaços teatrais de grande referência no século XVI  e XVII. Ali foram estreadas grandes peças, como "Everyman", de Ben Johnson (com Shakespeare como ator) em 1598; "Merlin", de William Rowley, em 1622; e "A Bruxa de Edmonton", em 1621.

Os arqueólogos vão continuar a escavar o local durante mais um mês. No entanto, o público pode reservar excursões para conhecer o local às sextas-feiras, entre 20 de maio a 24 de Junho. As visitas são gratuitas, mas as vagas são limitadas, por isso a reserva é essencial.

Em última análise, os restos deste teatro serão permanentemente preservados in situ, para os visitantes admirarem, juntamente com uma exposição permanente. É susceptível de se tornar uma grande atração turística de Londres.  #História #Curiosidades