Desde o passado domingo, 1 de Maio, que o rasto digital da banda britânica Radiohead desapareceu. Quem aceder à página principal do grupo e aos respectivos perfis nas #Redes Sociais depara-se com imagens brancas e com o desaparecimento de todas as partilhas.

O desaparecimento terá sido gradual ao longo do primeiro dia de Maio: o site da banda foi-se tornando cada vez mais opaco até ficar totalmente branco. Já no Twitter e no Facebook, todas as entradas da banda foram apagadas e as fotografias também ficaram brancas. Os tweets do vocalista Thom Yorke também desapareceram e o perfil da banda no Google+ também já não está acessível. 

Muitas são as teorias que justificam esta invisibilidade repentina da banda.

Publicidade
Publicidade

Os fãs crêem no adiantamento da data de lançamento do novo álbum, previsto para o mês de Junho, segundo o manager Brian Message. Na passada sexta-feira, 29 de Abril, alguns fãs britânicos receberam uma mensagem encriptada pelo correio, com o logótipo da banda. Assemelha-se a um panfleto e contém uma imagem e a frase "Sing the Song of Sixpence That Goes Burn the Witch" (em Português significa "canta a canção infantil que começa com 'queimem a bruxa'"). Abaixo encontra-se a frase "We know where you live" ("Sabemos onde moras", em Português).

Os Radiohead são conhecidos por divulgarem o seu trabalho de forma excêntrica. Em 2007, o álbum In Rainbows foi lançado em primeiro lugar na internet e, ao descarregá-lo, o utilizador pagava o valor que considerasse justo.

Publicidade

Por isso, há quem considere que o "apagão" da banda foi apenas uma manobra de marketing. Um dos projectos mais recentes de Thom Yorke foi divulgado e disponiblizado através do download gratuito de uma #Música e um vídeo.

Uma das teorias mais inusitadas é de que o novo álbum será lançado no próximo episódio da Guerra dos Tronos, segundo apurou o jornal britânico The Guardian.

A banda anunciou recentemente uma digressão a nível global e registou duas empresas com o nome Dawn Chorus LLP e a Dawnchorus Ltd. Este pode ser mais um sinal da saída antecipada do nono álbum da banda. #Entretenimento