A propósito de mais um 10 de junho, dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, vamos fazer uma pequena homenagem ao nosso país. Resumidamente, damos a conhecer a evolução de um dos nossos símbolos e bens indispensáveis no nosso dia a dia: a moeda. Acompanhe esta viagem no tempo.

As primeiras moedasportuguesas foram lançadas no reinado de D. Afonso Henriques. Eram pequenas e feitas do chamado bolhão (liga de cobre e prata). Para além do dinheiro, também existia a mealha, que tinha muito menos valor, mas que podia ser cortada ao meio para... trocos. 

Seguiu-se o Morabitino. Segundo o site numismaonline, "o nome "morabitino" é o mesmo pelo qual os cristãos distinguiam o dinar emitido pelos Almorávidas, a seita berbere "murabit" que, entre os anos de 1056 e 1147 C, governou a região atlântica norte-africana (....) estendendo-se ao "Andalus" pouco tempo após a vitória em Zalaca contra o rei Afonso VI de Leão e Castela".

Publicidade
Publicidade

Esta moeda era feita de ouro e foi introduzida no reinado de D. Sancho I. Acabou por perder força 3 gerações mais tarde, no tempo de D. Afonso III,  

D. Afonso III tinha uma estratégia económica que passava pelo comércio. Acreditando que dava mais força ao seu projeto, o rei lançou o dinheiro de Bolhão. D. Dinis, seu filho, deu seguimento a essa visão.  

Com D. Afonso IV, o dinheiro passou a ser conhecido por Alfonsim.

Com D. Fernando, deu-se a designada "operação Barbudas", um negócio desonesto. A partir de uma moeda antiga, era possível produzir várias moedas novas. Cada um destas novas produções equivalia entre sete a nove das antigas! Estas moedas continham prata e cobre falsos (o que explica assim vários vassalos tenham entrado em colapso financeiro).  

O Ceitil surgiu em 1415, em plena fase das primeiras conquistas ultramarítimas portuguesas.

Publicidade

15 anos depois, chegaram os Reais, moeda que, embora tenha sofrido naturais renovações ao longo do tempo, persistiu até ao fim da Monarquia. 

Em 1911, com a implementação da República, o Real deu lugar ao Escudo. Em 2002, Portugal, tal como muitos estados membros da União Europeia, adotou como moeda oficial o Euro. #Curiosidades