No Cazaquistão, os arqueólogos do Instituto Arqueológico da Saryarka Karaganda State University encontraram uma pirâmide (já em ruínas), onde recolheram ossos humanos e vários objetos, revela o jornal francês Le Figaro. Os investigadores Igor Kukushkin e Viktor Novozhenov (líder da equipa) acreditam que o edifício foi construído há mais de 3000 ou 3500 anos, o que significa que deverá ser a mais velha pirâmide do mundo. Este é um grande achado para um país que tem revelado outros "tesouros" antigos de grande relevância. 

Os especialistas rapidamente concluíram que devia ter um aspeto semelhante à da pirâmide de Djoser (no Egito). 

Viktor Novozhenov afirma que a pirâmide foi construída a partir de "pedra e terra e foi fortificada por lajes na fachada exterior".

Publicidade
Publicidade

Quanto à infraestrutura interna, as escavações do sítio revelaram um mausoléu que envolve 27 construções (todas de distintas épocas). Existe uma câmara mortuária de um líder de uma tribo local no topo do edifício, enquanto as áreas mais baixas foram reservadas para a família do patriarca. A câmara mortuária parece ter sido saqueada, mas nos túmulos de família foram descobertos restos humanos, cerâmicas diferentes, alguns objetos de bronze, pontas de seta ou agulhas e outros objetos não identificados.

Mistérios do Cazaquistão

Se Karaganda é a primeira pirâmide descoberta no Cazaquistão, o país tem outros mistérios arqueológicos. Em 2007, um amador descobriu através da aplicação GoogleEarth que na zona de Turgai existem geóglifos enormes, que são visíveis apenas do céu, a norte do território.

Publicidade

Estas descobertas acidentais foram posteriormente tornadas públicas pela NASA, o que confirma assim a presença de vários geóglifos (mais concretamente 260). 

De acordo com a erosão destas estruturas, alguns cientistas avançam que devem ter 8000 anos. E se realmente tiverem essa idade, significa que são mais velhas do que as famosas linhas de Nazca, desenhadas entre 300 e 800 no Peru. Quanto às suas origens, ainda não existem respostas concretas. Contudo, entre várias hipóteses, existe a possibilidade de estas estruturas terem sido feitas por uma tribo nómada que tivesse residido naquela região. #História #Curiosidades