Ainda a viver o clima de euforia alcançado com a vitória no Campeonato do Mundo de Futebol disputado no Brasil, o futebol alemão ficou em choque com o suicídio do futebolista Andreas Biermann. Não é a primeira vez que o suicídio de um jogador de futebol profissional acontece na Alemanha.

A notícia foi transmitida por Günter Hagedorn, diretor do último clube que Biermann representou, o Spandau Kickers, equipa alemã de futebol de veteranos.

Os problemas de Biermann não são de agora. O futebolista que tinha já assumido a sua depressão em 2009, tinha já tentado por três vezes pôr termo à vida. Ele foi mesmo autor do livro «Cartão vermelho à depressão» onde aborda a difícil relação dos atletas profissionais com o final das suas carreiras desportivas e onde tentava exprimir um pouco do que sentia, tentando dessa forma sentir um pouco de alívio.

Publicidade
Publicidade

Recorde-se que, também na Alemanha, Robert Enke, guarda redes internacional alemão, com passagens pelo Benfica (Portugal), Barcelona (Espanha), Fenerbahçe (Turquia), entre outros, chocou o mundo quando a 10 de Novembro de 2009 decidiu pôr termo à vida atirando-se na frente de um comboio após largo período de depressão.

Dias após o suicídio de Enke, Biermann veio a público assumir que também atravessava um período de depressão e que tinha mesmo tentado o suicídio anteriormente. Desde aí, o alemão passou a ter acompanhamento clínico.

Além de futebolista, o alemão teve também participação em duas séries na televisão alemã.

Em Portugal, embora ainda não tenhamos nenhum caso extremo, têm já sido noticiados vários casos de ex-jogadores com problemas, principalmente a nível financeiro, que os levam a perder "amigos", família, e onde começam a surgir diversos problemas essencialmente porque não conseguem de forma alguma manter um estilo de vida igual ao que tiveram durante anos, nem tão pouco se relacionar com os mesmo que eram nessas épocas os seus amigos.

Publicidade

O final da carreira desportiva é um problema pelo que todos os atletas passam e que deveria também ser melhor acompanhado por aqueles que os seguem durante toda a vida desportiva, os seus empresários.

#Famosos