O FC Porto venceu o Lille FC por 2-0 e chega assim à fase de grupos da Liga dos Campeões (com um resultado agregado de 3-0, combinado com a vitória no terreno do clube francês por 1-0). Os portistas voltaram assim a demonstraram que são mais fortes que os franceses e que merecem, assim, a presença na Champions. A jogar em casa, o Porto entrou com vontade de decidir a eliminatória cedo, mas o golo não surgiu e a pouco e pouco o Lille conseguiu equilibrar o jogo e criar alguns lances de perigo. No início da segunda parte, um bom golo de Brahimi de livre complicava as contas da eliminatória para os franceses, que contudo não chegaram a dominar. Aos 69 minutos, Jackson Martínez voltou a revelar a sua valiosa eficácia e arrumou o jogo e a eliminatória. Em período de descontos, Herrera ainda poderia ter aumentado a vantagem, mas o jogo ficou pelos 2-0.

Destaque para Brahimi, em grande plano não só pelo golo - o primeiro pelo FC Porto - mas pelo papel de destaque no ataque portista durante todo o jogo, e para a presença de Jackson, seguramente a aguçar o apetite dos clubes europeus. Nota também para a defesa, onde, apesar da saída de Mangala, ainda não sofreu qualquer golo em jogos oficiais esta época. 

No final do jogo, o treinador portista Julen Lopetegui destacou a atitude competitiva da equipa e o facto de não se ter acomodado com o resultado trazido de França, mas sim com a vontade de vencer a segunda mão também. René Girard, treinador dos Dogues (como são alcunhados os jogadores e adeptos do clube do norte de França) concordou, referindo que após o primeiro golo a equipa não teve capacidade de reacção, especialmente a nível físico. Nem a inspirada actuação de Origi, jovem jogador belga emprestado pelo Liverpool, foi suficiente para contrariar os Dragões.  

Lopetegui vai assim treinar, pela primeira vez, uma equipa na fase de grupos da Liga dos Campeões (tal como irá suceder, nomeadamente, a Ruben Neves). O sorteio da fase de grupos realiza-se amanhã, no luxuoso Fórum Grimaldi, no Mónaco, às 16:45 (hora de Lisboa).