O #Sporting CP venceu em casa o Maribor FC (Eslovénia) por 3-1 e deu um passo importantíssimo para permanecer na Liga dos Campeões de futebol, edição 2014-15. Ao mesmo tempo, a vitória sobre este adversário directo garante-lhe 4 pontos de vantagem, o que significa que os leões já asseguraram pelo menos um lugar na Liga Europa. Mas as possibilidades de continuar na Champions são reais. O Sporting está em segundo, dois pontos à frente do Schalke 04, e só depende de si mesmo no último jogo, a difícil deslocação a Stamford Bridge do Chelsea de José Mourinho, líder do grupo.

O jogo foi bastante simples, com o Sporting a mostrar-se superior de princípio a fim e o Maribor sem quaisquer ideias ou possibilidades para contrariar o caudal ofensivo leonino. Logo aos 9 minutos, numa jogada rápida pela esquerda, Nani faz "avançar" Jefferson, que cruza para a surpresa Carlos Mané abrir o marcador. Aos 35 minutos, o próprio Nani aumentou a contagem para 2-0, tendo marcado 4 golos em 5 jogos na Champions e seguramente deixado os adeptos do Manchester United a pensar porque motivo andará a sua estrela por Lisboa. Veio depois o auto-golo do Sporting, a fazer regressar a incerteza sobre o resultado, e assim se foi para o intervalo.


Depois veio, o corte de iluminação e o inusitado atraso no retomar do jogo, por mais de 45 minutos.

Publicidade
Publicidade

No regresso, o Maribor veio com sinal mais, obtendo dois cantos consecutivos e as bancadas temeram o empate. Mas lá estava outra vez Nani a ter um papel importante na assistência para Slimani marcar o terceiro e matar o jogo.

O jogo ficou marcado pela interrupção forçada devido à falta de luz, o que provocou reacções jocosas de adeptos de outros clubes nas redes sociais. Um cidadão anónimo e benfiquista, Miguel Abreu, perguntava: "ninguém avisou o Bruno de Carvalho que é preciso pagar a factura da electricidade?" Os adeptos acabaram por ser recompensados com uma exibição convincente, com o Sporting a manter resultados mais animadores na Europa e na Taça de Portugal que, propriamente, na Primeira Liga.

No outro jogo do grupo G, o Chelsea massacrou o Schalke 04 por 5-0 na Alemanha, tendo dessa forma assegurado automaticamente o primeiro lugar do grupo, ao conquistar 11 pontos, 4 à frente do Sporting. Um resultado totalmente favorável aos leões, não só pela derrota do adversário directo, mas também porque permite acalentar a esperança que Mourinho queira poupar titulares na última jornada da fase de grupos.