O Vitória Sport Clube, de Guimarães, venceu o FC Arouca por 1-2, em jogo realizado no estádio municipal de Arouca, e com isso assumiu a liderança provisória da Primeira Liga de #Futebol. Os vimaranenses abriram a jornada ontem, sexta-feira, e aproveitaram esse facto para colocar pressão sobre SL Benfica e FC Porto, que são por sua vez obrigados a vencer para não se atrasarem. Sendo frequente que outras equipas que não os três Grandes liderem o campeonato, digamos, nas primeiras 5 jornadas, à 10ª jornada já se torna bem menos frequente - estão disputados mais de 25%, ¼ do campeonato. O Guimarães tem agora 23 pontos, contra 22 dos encarnados e 21 dos dragões, e, naturalmente, mais um jogo.

Publicidade
Publicidade

E o decorrer da partida nem sequer deixava antever este desfecho. O Arouca até entrou mais forte, dominando o início da partida, e só aos poucos os minhotos equilibraram o jogo, com Alex a cabecear com perigo mas por cima aos 34 minutos. 

Durante a segunda parte, a partida seguiu a mesma toada, com os jogadores de Pedro Emanuel a conseguir anular as ideias de Rui Vitória. Aos 61 minutos, bola na barra dos vimaranenses. E quando já se caminhava para o fim, aos 76 minutos, surge o golo dos homens da casa, por Diego.

Como tantas vezes acontece, o golo sofrido teve o condão de “despertar” a equipa que não queria arriscar demasiado e de súbito se viu a perder. O Vitória partiu para a luta, e aos 82 minutos um canto de André André teve resposta positiva do defesa central Josué, voltando ao empate.

Publicidade

E quando se esperava que o Guimarães falhasse, afinal, essa liderança simbólica do campeonato, surgiu o golo da vitória a 1 minuto dos 90, com uma recarga de Hernâni respondendo a uma defesa incompleta de Goicoechea. No final, Rui Vitória declarou, aos microfones da Antena 1, que o Vitória tinha conseguido construir mais jogo e que as grandes equipas vêem-se nas dificuldades, na “querença” e no carácter com que os jogadores reagiram à situação de desvantagem. 

Para os adeptos benfiquistas e portistas que haviam sorrido à derrota do Sporting CP na última semana, a hora é de confirmar se não terão substituído um rival por outro. Os respectivosjogos são no Domingo: O Benfica defronta o Nacional no Estádio da Madeira (antiga Choupana), pelas 16h, enquanto o Porto defronta o Estoril no estádio António Coimbra da Mota. Destaque ainda nesta jornada, no topo da tabela, para o embate entre o 4º classificado, FC Paços Ferreira, e o 6º classificado, Sporting CP.