Após ser campeão inglês, uma vez mais, Sir Alex Ferguson saiu de cena e deixou em definitivo o comando técnico do Man. Utd, mas ficando no entanto encarregue de encontrar o seu próprio sucessor. Quem estaria à altura de conseguir substituir este expoente máximo do #Futebol atual? Muitos foram os rumores sobre quem iria ser o seu substituto. Muitos foram também os treinadores que não devem ter demonstrado interesse em substituir uma lenda viva, com o receio de que o falhanço fosse inevitável. Não foi de estranhar que a escolha tenha sido David Moyes, também escocês e com uma filosofia de jogo semelhante à de Sir Alex Ferguson.

O peso da sucessão era de facto grande e David Moyes não o conseguiu superar.

Publicidade
Publicidade

Os resultados negativos sucediam-se e os adeptos pediam constantemente a sua demissão. Perante um plantel mal construído, onde existiu uma só aquisição (Fellaini) e com derrotas constantes, não havia forma de conter a raiva dos adeptos que demonstravam jogo após jogo o seu descontentamento com a situação. A saída do treinador escocês acabou por acontecer ainda antes da época terminar e o Man. Utd acabou num penoso sétimo lugar, sem acesso a competições europeias.

Para a época deste ano, as opções foram totalmente diferentes. Foi escolhido um treinador de renome (Louis Van Gaal) e foram gastos milhões de euros na compra de jogadores, como nunca se tinha assistido neste clube. No entanto o resultado está a ser o mesmo da época transata, ou seja, o investimento milionário não está a dar qualquer fruto.

Publicidade

Ao fim de dez #Jogos, o Man. Utd conta com apenas três vitórias. O futebol praticado é de fraca qualidade e os adeptos temem pelo futuro da equipa. Para além de existirem diversos jogadores novos no plantel, o treinador insiste em fazer uma rotação constante no onze inicial, bem como uma alternância tática de jogo para jogo.

Alguns dos jogadores, que o treinador contratou por valores elevadíssimos, tardam em demonstrar a sua qualidade e a adaptação aos métodos do treinador também parece não estar a ser fácil, mesmo para os jogadores mais antigos do clube.

Foi através de Sir Alex que o clube ganhou uma nova vida e conseguiu sair de uma enorme crise desportiva e económica, passando atualmente a estar entre os clubes mais vitoriosos e ricos da Europa. Será que a sua saída irá ditar um retrocesso em todo este percurso e será o início do fim no domínio do Manchester United?