O argentino Joaquín Correa, pretendido por Jorge Jesus para reforçar o #Benfica em Janeiro, está a suscitar o interesse dos maiores clubes da Europa. Segundo a imprensa argentina, o médio de 20 anos está mesmo de saída do Estudiantes de La Plata, mas o assédio de vários colossos europeus fez a direção, a contas com graves dificuldades financeiras, colocar o preço do jogador nos 7 milhões de euros. As conversações com o Benfica decorrem já desde o verão passado e tudo apontava para que a transferência se concretizasse no próximo mês de Janeiro, mas o facto de Correa ter obtido recentemente o passaporte comunitário levou vários clubes de Inglaterra e Itália, onde há regras rígidas de limitação de estrangeiros, a interessar-se pelo jogador.

Publicidade
Publicidade

O clube da Luz já fez saber ao presidente do emblema de La Plata que está disposto a pagar o que pretendem, mas agora o empresário do argentino, Isidoro Giménez, está mais receptivo a ouvir propostas vindas de outros países. Em declarações ao diário argentino Olé, o agente diz mesmo que "já vieram observá-lo do Mónaco e do Paris Saint-Germain e estão interessados, apesar de haver prioridade para os clubes de Inglaterra e Itália". Sobre o Benfica, Isidoro Giménez confirma os contactos com o clube do atleta, mas diz que a si ainda não chegou nada de concreto.

Um reforço para dois lugares

Joaquín Correa é um médio centro de grande estatura (1,88m) que também pode actuar como extremo esquerdo, apesar de ser destro. Alto, rápido e com elevada capacidade técnica, bem ao jeito de Jorge Jesus, o argentino tem sido ultimamente destacado, como um dos próximos craques do país das pampas.

Publicidade

As suas características encaixam-se no modelo de jogo do Benfica, mas mais do que isso permitem colmatar duas possíveis lacunas que poderão surgir, em breve, no plantel encarnado. Nico Gaitán e Enzo Pérez são cobiçados por clubes com poder económico para pagar as suas cláusulas de rescisão e, nesse caso, Luís Filipe Vieira nada poderá fazer para os segurar. Faz, assim, sentido a procura por um jogador que possa, a qualquer momento, colmatar a saída de um destes jogadores. #Futebol