O CD Nacional venceu o CS Marítimo por 3-0 em jogo a fechar a 12ª jornada da primeira Liga de futebol de 2014-15. O derby decorreu em casa, no Estádio da Madeira, novo nome do estádio da Choupana, casa do clube. Precisamente ontem, o Nacional assinalava o seu 104º aniversário, pelo que os nacionalistas não podiam ter tido melhor prenda que uma vitória sonora sobre o seu grande rival da Madeira.


Durante a primeira parte, o jogo foi bastante equilibrado e a primeira oportunidade clara de golo surgiu apenas aos 23 minutos, com uma cabeçada de Mário Rondon que foi em cheio à trave da baliza maritimista. Logo depois, Fransérgio respondeu e enviou a bola ao poste da baliza dos homens da casa. Aos 32 minutos, Maazou, do Marítimo, elevava para 2-1 a contagem de bolas ao ferro, a favor do verde-rubros. Mas o marcador de golos mantinha-se a zero, e assim permaneceu até ao intervalo. 


Ao intervalo, o treinador da casa Manuel Machado - tornado célebre pelo seu discurso elaborado, que deu origem, num famoso sketch humorístico do Gato Fedorento, ao conceito de "idioma manuel-machadês" - fez entrar Willyan para o lugar de Suk e deslocou Mário Rondon para ponta-de-lança. E as mudanças deram frutos. Aos 52 minutos, num cruzamento para a área dos visitantes, um erro defensivo deixou a bola chegar ao entrado Wyllian, que abriu o marcador. E aos 73 minutos, novo erro crasso da defesa do Marítimo, que foi forçada a fazer uma grande penalidade. Marco Matias não falhou e aumentou para 2-0. Leonel Pontes deu o tudo por tudo e esgotou as substituições, e o Marítimo jogou tudo no ataque, mas o Nacional acabou por aproveitar as facilidades concedidas dessa forma. Aos 86 minutos, um passe longo e preciso de Zainadine isolou Marco Matias para o 3-0. 


Com esta vitória, a terceira nesta temporada, o Nacional subiu ao 12º lugar, colocando mais pressão sobre os seus adversários directos e afastando-se da zona de despromoção. Os alvinegros têm 12 pontos, enquanto o Marítimo tem 15 pontos e é 10º, tendo nesta jornada sido ultrapassado pelo Moreirense FC, que venceu o FC Paços Ferreira por 2-0.