O campeonato da primeira divisão de hóquei em patins está, como já é habitual, com intensidade máxima, e os protagonistas são os do costume: FC Porto e SL #Benfica seguem imparáveis na frente do campeonato, ambos com 25 pontos e apenas 1 empate nas 9 jornadas disputadas. Os portistas levam a melhor por muito pouco, com mais 5 golos marcados (57 contra 52) e menos um sofrido (19 contra 20). Adivinha-se mais uma disputa renhida até ao fim. No terceiro lugar não está o protagonista do ano passado, mas um regresso que se saúda.



Muitos anos depois, o #Sporting CP está de volta à luta e promete ter uma palavra a dizer. É importante para o hóquei em patins que um dos maiores clubes portugueses volte a ter uma posição de destaque na modalidade. O Sporting CP pretende rapidamente alcançar o Paço de Arcos enquanto 3º clube com mais títulos nacionais (7, contra 8 da equipa da Linha). Os leões seguem a apenas 3 pontos dos líderes, com 22 pontos.



Logo abaixo vem a AD Valongo, campeã em título e pela primeira vez na sua história. Muitos esperariam uma repetição do conto de fadas que foi a época passada, mas outros esperariam também uma grande queda depois de os nortenhos chegarem ao céu. A resposta está no meio: o Valongo está a 8 pontos dos líderes, mas segue firme na quarta posição e promete aproveitar qualquer escorregadela dos mesmos. Do 5º até ao 8º estão os outros históricos do hóquei passado e recente: o Hóquei de Barcelos está novamente a crescer, lado a lado com a Juventude de Viana - do grande Luís Viana -  com 16 pontos. Paço de Arcos e Oliveirense vêm logo a seguir.



A fechar o top-ten vêm as duas equipas-sensação oriundas das aldeias do hóquei: o HC Turquel (concelho de Alcobaça) e o Candelária SC (ilha do Pico). Os turquelenses, sempre a jogar com o melhor da prata da casa, parecem ter mais dificuldades que no ano anterior, sendo que - um pouco como a AD Valongo - seria difícil de igualar: o 6º lugar final foi a terceira melhor classificação de sempre dos Brutos dos Queixos. A grande distância estão para já as equipas que parecem destinadas à luta pela permanência: os Tigres de Almeirim, o CH Carvalhos, o CD Póvoa (que faz a sua estreia na primeira divisão) e Sanjoanense (regressada depois de uma longa ausência).



A próxima jornada é já no próximo Sábado, como já é hábito, apenas com o Juv. Viana-SL Benfica a disputar-se no Domingo. O Barcelos-Porto e o Oliveirense-Sporting estarão em destaque no próximo Sábado.