O Hóquei Clube de Turquel (HCT) sagrou-se campeão europeu de hóquei em patins feminino sub-17. É mais um título para a sala de troféus deste pequeno clube da freguesia de Turquel (concelho de Alcobaça). A Taça Carlos Sena, organizada pelo CERH (o organismo europeu de hóquei em patins), decorreu este fim-de-semana em Mieres, nas Astúrias (Espanha). Na final, as atletas turquelenses derrotaram o CP Belloch-Vilasana por 2-1, com golos de Inês Vicente e Isa Ricardo.


Esta foi a primeira edição deste campeonato europeu, e recebe o nome em homenagem a Carlos Sena, digirente português considerado o grande impulsionador do hóquei feminino na Europa, tendo sido presidente da Federação Portuguesa de Patinagem e também do CERH. Participaram seis equipas, indo de Portugal, além do HCT, a AJ Salesiana (Estoril). O HCT fica assim na história como o primeiro vencedor deste campeonato. 


Com uma grande tradição no hóquei em patins, o Hóquei Clube de Turquel conta principalmente com a força e o dinamismo dos seus adeptos, alcunhados de "brutos dos queixos" numa referência ancestral à determinação e assertividade dos habitantes da vila. Tendo assinalado 50 anos de actividade em 2014, o HCT mantém a sua equipa sénior masculina na primeira divisão, depois de outro período de "ouro" nos anos 90, e conseguiu inclusivamente voltar às competições europeias. Além disso, o clube ombreia contra adversários de dimensão nacional (como os três "grandes") e de cidades e vilas de dimensão demográfica e económica muito superior, como Oliveira de Azeméis, Valongo, Barcelos, Oeiras, Viana do Castelo, Póvoa de Varzim ou S. João da Madeira. As camadas jovens, com equipas de todos os escalões, congregam a juventude da freguesia, e a seriedade e o profissionailsmo com que encaram o desporto traduzem-se em resultados a longo prazo - sendo esta, provavelmente, a melhor academia do hóquei em patins nacional. A freguesia de Turquel tem 4500 habitantes, de acordo com os censos de 2011 - e muitas vezes as assistências dos jogos da equipa sénior masculina ultrapassam os 1500, superiores a muitos estádios da Primeira Liga de futebol. 




Este título europeu da equipa do concelho de Alcobaça surge poucos depois de uma outra atleta natural deste concelho ter conseguido um título mundial na sua modalidade. Teresa Almeida, do Vimeiro, sagrou-se campeã do mundo de bodyboard, no evento disputado em Iquique, no Chile. A atleta de 22 anos foi recebida condignamente pela autarquia local, tendo recebido, de acordo com o Alcoa, um voto de louvor da Assembleia Municipal e a Medalha do Município, por parte da Câmara Municipal de Alcobaça.