De acordo com a impressa espanhola desta sexta-feira, o internacional português João Pereira está numa lista de possíveis contratações do gigante da Catalunha já na próxima abertura do mercado de contratações em Janeiro. Encostado no Valência pelo treinador português Nuno Espirito Santo, o lateral direito não tem jogado e está mesmo de saída do clube "che". João Pereira foi capa do jornal espanhol "Mundo Deportivo", onde se pode ler, nessa lista de possíveis reforços do Barcelona, também o nome do internacional francês Allan-Roméo Nyom, actualmente a jogar no Granada, também em um país vizinho.

Recorde-se que a equipa treinada por Luís Enrique tem passado por graves problemas na defesa.

Publicidade
Publicidade

Vermaelen, contratação sonante de início de temporada, contraiu uma lesão grave e bastante prolongada e, a juntar a isto, há ainda a clara dificuldade de adaptação do jovem brasileiro Douglas. Desta forma, a equipa catalã procura reforços imediatos.

Com 40 internacionalizações pela selecção A de Portugal, sem nenhum golo marcado, João Pereira tem actualmente 30 anos e começou a sua formação no Domingos Sávio tendo depois integrado o Benfica, onde chegou a jogar como sénior na época 2003/2004. De águia ao peito manteve-se até Dezembro de 2005, para depois ser emprestado ao Gil Vicente durante uma época e meia. Seguiram-se três épocas no Sporting de Braga, onde Pereira voltou a sorrir para o #Futebol e a mostrar a sua qualidade. Isso não foi indiferente aos olhares de outros clubes e prova disso foi o seu ingresso em Janeiro de 2010 no rival do seu clube de formação, o Sporting Clube de Portugal.

Publicidade

O ano de 2012 marca a chegada ao Valência, onde está actualmente sem jogar mas tendo já participado em 74 encontros.

A título de curiosidade, existe uma cláusula no contrato do lateral direito português que o pode fazer renovar automaticamente o seu vinculo com o Valência. Essa cláusula determina que caso o jogador realize 75 jogos, o contrato prolonga-se por mais duas épocas. Mas o emblema espanhol não quer fazer isso e, com este cenário, em Janeiro próximo a vida futebolística de João Pereira terá forçosamente de passar por outro clube.