Vai ser em Auckland, na Nova Zelândia, que o tenista João Sousa, de 25 anos, irá dar início à temporada desportiva de 2015, após ter terminado o ano de 2014 no 54º posto da hierarquia individual do ATP World Tour. Treinado por Frederico Marques, o número 1 português, que esta época chegou às finais dos torneios de Bastad (Suécia) e Metz (França), vai disputar o evento neozelandês, de categoria ATP 250, pela segunda vez na carreira, primeira no quadro principal da prova. Recorde-se que, em 2012, o vimaranense não foi além da ronda inaugural da fase de qualificação, ao ser eliminado pelo espanhol Arnau Brugues-Davi, em duas partidas (7-5 e 6-3).

Publicidade
Publicidade

Depois da disputa do primeiro torneio do ano, João Sousa ruma a Melbourne para participar no primeiro Grand Slam do ano, o Open da Austrália. Segue-se a temporada de terra batida europeia, que inclui passagem pelo Jamor. "O Portugal Open é uma semana especial. O João [Sousa] tem patrocinadores portugueses e não pode faltar", referiu o técnico português, em declarações ao jornal Record.

Em Auckland, João Sousa vai contar com as participações dos espanhóis David Ferrer (10º), Roberto Bautista Agut (15º), Tommy Robredo (17º), do letão Ernests Gulbis (13º), do sul-africano Kevin Anderson (16º), do francês Gael Monfils (18º), entre outros. John Isner, gigante norte-americano de 2.08 metros e número 19 do mundo, é o campeão em título, depois de ter derrotado Yen-Hsun Lu, do Taipé, no derradeiro embate de 2014 pelos parciais de 7-6(4) 7-6(7), num duelo que teve a duração de 1 hora e 41 minutos.

O "Heineken Open", nome do torneio para fins publicitários, celebra em 2015 a sua 39ª edição e acontece entre os dias 12 e 17 da Janeiro de 2015, na ASB Tennis Arena de Auckland.

Publicidade

Além do torneio de Auckland, a terceira semana de Janeiro conta também com a realização do "Apia International Sydney", também ele de nível ATP 250, que tem no argentino Juan Martin Del Potro, bicampeão do Portugal Open (2011 e 2012), um dos principais nomes do evento australiano.