Jonathan Rodriguez, avançado uruguaio de 21 anos, vai ser o primeiro reforço do #Benfica na reabertura do mercado, em janeiro. O jovem atacante tem tudo certo para rumar à Luz e, segundo fontes do ´Blasting News´ naquele país, falta apenas uma reunião final no Peñarol para o contrato ser assinado. Os encarnados vão desembolsar três milhões de euros num negócio que poderá mesmo chegar aos quatro milhões e que servirá, sabe o nosso portal, para suprir a provável saída de Gaitán.

Além de Enzo Pérez, que já acertou todos os detalhes de transferência para o Valência, a saída prematura da Liga dos Campeões e a necessidade de saldar o empréstimo obrigacionista deverá levar Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, a aceitar as condições oferecidas no verão pelo Zenit para a contratação do extremo internacional argentino.

Publicidade
Publicidade

Jorge Jesus poderá, no entanto, contar com um jovem uruguaio, com larga margem de progressão e cuja vinda para o Benfica está... por horas. 

A reunião da direção do emblema uruguaio que, tudo indica, deve realizar-se esta sexta-feira, será, apurou o ´Blasting News´, pura formalidade, uma vez que a proposta do Benfica é considerada vantajosa, sobretudo porque o valor em causa será livre de quaisquer impostos. Neste negócio, de resto, o Benfica soube precaver-se, uma vez que ao Peñarol não chegou nenhum outro documento ou pedidos de informação de qualquer outro clube europeu. 

Jonathan Rodriguez, de resto, já foi aconselhado pelos seus representantes a aceitar a oferta do Benfica, nomeadamente os valores envolvidos no futuro contrato. O jogador já está igualmente identificado com o projeto dos encarnados, tendo partilhado informações com Maxi Pereira, experiente lateral-direito com quem Jonathan já jogou ao serviço da seleção do Uruguai, nomeadamente nos jogos com Arábia Saudita, Omã, Costa Rica e Chile, nos passados meses de outubro e novembro.

Publicidade

Jonathan Rodriguez, de resto, não é um nome perfeitamente desconhecido para os adeptos mais atentos do #Futebol português. É que o avançado uruguaio, descrito ao ´Blasting News´ como um jogador "ágil, muito móvel no ataque e rápido nas movimentações", esteve na última pré-temporada no... SC Braga. Problemas de índole física, no entanto, fizeram abortar o negócio entre o Peñarol e os bracarenses, sendo que a anomalia detetada nos exames médicos mantém-se. Segundo apurámos, Jonathan tem um problema congénito numa anca mas foi garantido ao Benfica que esse problema não afeta nem afetará o seu rendimento desportivo.