O Vitória de Guimarães foi derrotado pelo GD Estoril Praia por 1-0, em jogo a contar para a 14ª jornada da Primeira Liga de futebol, 2014-15. Esta foi a segunda derrota dos vimaranenses no campeonato. O Vitória tem agora apenas 1 ponto de vantagem para o Sporting CP, que venceu o Nacional da Madeira por 1-0, e aguarda ainda o jogo do SC Braga com o FC Paços de Ferreira, a disputar hoje. Já o Estoril conquistou a sua quarta vitória e afastou-se da luta pela despromoção.


O jogo começou muito equilibrado, sem que se notasse a diferença pontual e classificativa entre ambas (13 pontos, ao início do jogo), com o Estoril a jogar de forma solta e concentrada, revelando aquilo que levou o clube da Linha a disputar as competições europeias esta época. O Vitória teve uma boa oportunidade com uma remate perigoso de Hernâni aos 21 minutos. Contudo, na segunda metade da primeira parte, o Estoril começou a crescer, em parte graças ao trabalho de Kléber, protagonista de várias ocasiões para o golo dos canarinhos. Na segunda parte, a tendência manteve-se, pelo que Rui Vitória optou por uma substituição dupla, com Bruno Alves e Ricardo para os lugares de Alex e Tomané.  Contudo, aos 74 minutos Kléber conseguiu finalmente o golo que já procurava há muito. 

A derrota dos vimaranenses não obteve grande destaque na comunicação social, uma vez que corresponde ao padrão que é habitualmente esperado nas equipas médias quando lutam pelos lugares da frente. Olhando para a história, seria necessário que o Guimarães se mantivesse colado à liderança até bem depois do meio do campeonato para começar a ser olhado como candidato ao título. Essa questão não se colocou, mesmo nas jornadas em que os minhotos colocavam pressão sobre o SL Benfica à sexta-feira e "dormiam" no primeiro lugar. Agora, o Guimarães já está a 9 pontos do primeiro lugar e essa hipótese parece afastada. Contudo, continuará a ser um sério adversário para Sporting CP e SC Braga na luta pelo terceiro lugar, além de continuar apenas a 3 pontos do FC Porto, que não soluçou na recepção ao Vitória FC de Setúbal, tendo vencido por 4-0.