Segundo a edição online do jornal A Bola, Bruno de Carvalho já tomou a decisão de rescindir contrato com o treinador português Marco Silva. Desta forma chega ao fim a estadia do treinador português ao serviço do #Sporting. Iniciou funções em Maio deste ano, substituindo Leonardo Jardim, que foi comandar os destinos do Mónaco, em França. Após três épocas e meia como técnico principal do Estoril-Praia, em que levou o clube da linha de Cascais ao título da 2ª Liga e ainda a dois quartos lugares com direito a participação inédita na Liga Europa, Marco Silva assumia o comando técnico dos leões.

Com uma pré-época tranquila e o campeonato com alguns pontos perdidos, os adeptos estavam a gostar de ver a equipa a jogar, dada a "raça" e "bravura" demonstradas em vários jogos, com destaque para a eliminação do FC Porto, no Dragão, para a Taça de Portugal. Mas Bruno de Carvalho queria mais.

Publicidade
Publicidade

A derrota por 3-0 diante do V. Guimarães fez com que o presidente leonino enviasse uma mensagem agressiva no Facebook para a equipa, com as reacções tanto de Marco Silva como do jogador Nani a não serem concordantes com a de Bruno de Carvalho.

Aliás, até na forma de planeamento inicial neste início de época do plantel, o técnico português não teve muito a fazer, pois as ordens eram dadas pelo presidente leonino. Quanto à questão sobre possíveis reforços, as posições eram opostas. Marco Silva desejava um defesa central experiente e um avançado centro para colmatar a ausência de Slimani na CAN, em Janeiro de 2015. O regresso aos trabalhos está previsto para este sábado, com vista a preparar o embate com o Vitória de Guimarães, para a Taça da Liga.

Está iminente alguma comunicação do clube de Alvalade para se pronunciar sobre esta possível saída - apesar do clube se encontrar em blackout, os leões estão a usar as redes sociais para mostrar várias comunicações e outras informações e dados.

Publicidade

Esta saída de Marco Silva pode custar cerca de 2 milhões de euros aos cofres do Sporting, ou então o emblema verde e branco pode alegar perda de confiança no técnico luso. Circula ainda a ideia de que será João de Deus (treinador da equipa B leonina) a comandar o Sporting no jogo de segunda-feira da Taça da Liga, em Guimarães, com a utilização de vários jogadores juniores e da equipa secundária.

As próximas horas serão decisivas para o destino quer de Marco Silva, quer da própria equipa principal de #Futebol do Sporting Clube de Portugal. Para a sucessão do treinador já se fala em Vítor Pereira e Manuel Cajuda.