O sonho do árbitro português, Pedro Proença, em apitar a final de um Campeonato do Mundo de Clubes pode ser desfeito pelo San Lorenzo. Matías Lamens, presidente do clube argentino, manifestou o seu desagrado publicamente, dizendo que "parece-nos lógico que não seja um português, mas sim um árbitro de outro continente que não o europeu ou o sul-americano". O líder do San Lorenzo pediu ainda à FIFA para não ceder à "capacidade de lóbi do Real Madrid." O embate entre San Lorenzo e Real Madrid está marcado para amanhã às 19.30, em Marraquexe.

FIFA vai decidir hoje

Com a final entre San Lorenzo e Real Madrid marcada para amanhã, a FIFA tem o dia de hoje para decidir qual o árbitro escolhido.

Publicidade
Publicidade

Foi convocada uma reunião de emergência para eleger o árbitro da final, estando o guatemalteco Walter López bem encaminhado para substituir Pedro Proença. Masimo Busacca, ex-árbitro internacional suiço e agora chefe do Comité de Arbitragem da FIFA, sugeriu anteriormente o árbitro português, sendo prontamente aprovado por todo o Comité. Resta agora aguardar pelo fim da reunião e saber se a FIFA e Joseph Blatter cedem à pressão por parte dos argentinos.

A grande final entre San Lorenzo e Real Madrid

Abençoados pelo Papa Francisco (adepto fervoroso confesso do San Lorenzo) ou não, a verdade é que o San Lorenzo consegue chegar à final do Mundial de Clubes. Após ter vencido a Copa Libertadores 2014, chega a mais uma final de uma grande competição internacional. O San Lorenzo tem uma equipa bastante sólida e compacta, tendo sido apelidada de "agressiva" por Pepe, central português do Real Madrid.

Publicidade

O San Lorenzo tem como referência o ex-leão Pipi Romagnoli, bem conhecido dos sportinguistas.

Já do lado do Real Madrid, a armada de Cristiano Ronaldo procura o pleno internacional, depois de terem conquistado a Liga dos Campeões, la décima do clube madrileno. O Real Madrid procura a 22.ª vitória oficial consecutiva, em todas as competições. Quanto a ausências, Sérgio Ramos é dúvida para o jogo de amanhã, por apresentar queixas musculares durante o jogo da meia-final.



#Futebol