É mesmo ele. Está vivo e de boa saúde. Aquele miúdo indonésio que vestia a camisola de Portugal e que foi resgatado depois do tsunami que ocorreu no sudeste asiático, em 2004. Continua com uma paixão crescente por Portugal e sonha jogar no nosso campeonato. "Quero jogar em Portugal e na #Selecção", afirmou o jovem a uma entrevista à Agência Lusa.

Actualmente com 17 anos, ainda se vai lembrando daqueles momentos e de toda a história que ocorreu quando tinha sete anos e foi encontrado numa praia isolada de Banda Aceh, no norte da ilha de Samatra, na Indonésia, 21 dias depois do tsunami. Este episódio emocionou o país e em particular o coração da selecção nacional, tendo a Federação Portuguesa de #Futebol feito uma doação de cerca de 40 mil euros.

Publicidade
Publicidade

Com este dinheiro o pai de Martunis construiu a casa onde vive.

Foram tempos difíceis. São vários os arranhões que dez anos depois ainda tem no corpo e sempre que há um terramoto recorda de alguma forma o trauma que ainda hoje guarda dos dias angustiantes que viveu naquela altura. "Desde sempre que tenho o sonho de ser jogador de futebol como Cristiano Ronaldo. Ele é o melhor do mundo. É muito bondoso e simpático. É quase como um pai para mim", realça o jovem de 17 anos.

Questionado sobre a bola de ouro, Martunis é peremptório que esta deve ir para o internacional português que joga no Real Madrid. "Ele merece esse prémio, porque em 2014 foi o jogador mais importante no Real Madrid e ainda na qualificação de Portugal para o Mundial no Brasil. Espero que num futuro próximo consiga levar a selecção portuguesa a ser campeã da Europa ou do mundo", diz.

Publicidade

Martunis também joga futebol e na posição de avançado como Ronaldo. Vai evoluindo numa escola desportiva que pertence à Fundação Real Madrid em Aceh. Todos os dias estuda e joga futebol e é apelidado como o Cristiano Ronaldo da Indonésia, muito pela ligação próxima que mantém com o avançado luso. Essa ligação é tão forte que leva o jovem indonésio a apresentar-se nas redes como "MartunisCR8"no Twitter. E como "Martunis Ronaldo" no Facebook. Nestes dois sites podem ver-se várias fotografias junto do craque do Real Madrid e da Selecção Nacional.

Sarbini, o pai de Martunis, diz que um dia destes o filho irá viver e jogar em Portugal. "É o destino dele, acho que está mais do que escrito. Não aceitei há 9 anos que ficasse a viver em Portugal, porque ele era muito pequeno e o meu único filho, e porque o terramoto levou-me a mulher e os meus outros dois filhos. Se ele fosse para Portugal e ficasse por lá, ficaria muito feliz", conta o progenitor.

O tempo dirá se Martunis cumprirá o seu sonho ou não. Certo é que o futebol é a sua paixão e Cristiano Ronaldo a inspiração. A ver vamos o que vai acontecer nos próximos tempos, até porque a gratidão pelo nosso país está bem patente no olhar tímido e meigo do jovem indonésio.