Estes dias têm sido de sonho para os nossos atletas nas mais variadas modalidades! Victoria Kaminskaya conseguiu elevar Portugal ao patamar mais alto na natação, arrecadando o ouro e prata na Taça de Amsterdão. Victoria obteve o 1º lugar na final dos 400m com um registo de 4.48,49 minutos, batendo Annika Bruhn e Maxine Wolters, as outras atletas que completaram o pódio. A prata foi conseguida nos 200m mariposa, no entanto o ouro foi ganho por uma compatriota, Ana Catarina Monteiro, que conseguiu assim o segundo ouro para Portugal.

Ainda na natação, Pedro Oliveira conquistou também ele uma medalha de prata, sendo apenas batido por Axel Joenkoepings que conseguiu fazer menos 1,36 segundos que o atleta nacional. 

Marcos Freitas continua a espalhar classe no ténis-de-mesa

Marcos Freitas, o talento nacional no ténis-de-mesa que já nos tinha orgulhado com o ouro no Europeu, conquistou o bronze no Circuito Mundial da ITTF, realizado em Banquecoque (Tailândia).

Publicidade
Publicidade

Marcos perdeu para Jun Mituzani nas meias-finais por 1-4, ocupando assim o último lugar do pódio. Actualmente, Marcos Freitas ocupa o 11º lugar do ranking mundial. Muito se espera deste jovem prodígio, numa modalidade de difícil promoção em Portugal. 

Teresa Almeida sagrou-se campeã mundial de bodyboard!

Mais um orgulho para Portugal! Teresa Almeida, de 22 anos, sagrou-se campeã mundial nos ISA World Championship 2014 na categoria feminina. Esta prova decorreu no Chile e teve a presença de apenas 4 concorrentes. Em outubro, Teresa Almeida já tinha sido coroada campeão europeia em Marrocos, e desta feita conseguiu bater a concorrência de Yuleiner Gonzalez, Anne Cecile e Neymara Carvalho.

Teresa Almeida teve direito a uma fantástica recepção no aeroporto da Portela, rodeada da familiares, fãs e amigos.

Publicidade

A bodyboarder mostrou-se emocionada e orgulhosa: "Não estava à espera de uma recepção com esta. Quero agradecer a todos, pois foi importante ter tanto apoio, mesmo quando estava em prova no Chile. A primeira fase da competição nem me correu muito bem, mas continuei a acreditar e foi boa a força que os outros me deram. Foi isso que também me fez ganhar a medalha de ouro. Quando se vai para uma final é para vencê-la".