A selecção portuguesa de râguebi na vertente de Sevens venceu este fim-de-semana a Taça Shield, depois de bater por 19-14 a congénere de Samoa. Na terceira etapa do circuito HSBC, que se realizou em Porth Elizabeth, os Lobos viram-se relegados para esta competição após terminarem em terceiro lugar do Grupo B, depois de perderem com a Austrália (33-21) e Argentina (14-7) e de derrotarem o Zimbabué por 19-7. As boas exibições não foram suficientes para garantir a qualificação para a Cup, algo que tinha ocorrido nas duas últimas épocas na África do Sul.

Ainda com possibilidade de disputar a Taça Bowl o VII de Pedro Netto Fernandes perdeu por 7-42 com a França, numa partida onde o acumular de erros defensivos ditou esta derrota pesada.

Publicidade
Publicidade

Dominados pela desconcentração e apatia, os Lobos foram incapazes de fazer frente a um fijiano naturalizado francês, Vakatawa de seu nome, que foi um autêntico "diabo à solta" no último terço nacional, que jogou ainda mais de metade do segundo tempo em inferioridade numérica, depois dos cartões amarelos mostrados a Vasco Fragoso e Diogo Mateus.

Depois de identificada a origem desses erros, os Lobos voltaram ao Nelson Mandela Bay e venceram o Japão por 24-15 nas meias-finais da Taça Shield, destacando-se os ensaios de Adérito Esteves e Nuno Sousa Guedes. A tarefa seguinte, frente à favorita Samoa (atual 6ª classificada do ranking), previa-se complicada, mas o factor motivacional da equipa nacional fez a diferença na final. Os dois ensaios de Bernardo Seara Cardoso, ainda na primeira parte, deixaram os Lobos a vencer 12-0 ao intervalo.

Publicidade

No segundo tempo Samoa ainda reduziu para 12-7, mas Adérito Esteves alargou a vantagem (19-7); no entanto o placar final fixou-se em 19-14.

Com a vitória nesta competição, Portugal reforça o 13º lugar do ranking do Circuito Mundial de Sevens, mantendo atrás de si o Quénia e o Japão, mas não apaga aquela que foi a pior classificação desta temporada 2014-2015 dos Lobos. As restantes Taças em Porth Elizabeth foram conquistadas pela África do Sul, que ficou com a Cup depois de derrotar a Nova Zelândia por 26-17. Já os Estados Unidos venceram a Taça Plate após vencerem Fiji por 21-14, enquanto o Canadá levou para a casa a Bowl ao derrotar o Quénia por 24-15.