O Sporting de Braga venceu, no Estádio da Luz, o #Benfica por 2-1. O clube encarnado está fora da Taça de Portugal. O golo de Jonas foi insuficiente para o Benfica seguir para os oitavos de final da prova. Desta forma, os minhotos - com golos da autoria de Santos e Pardo - continuam e seguem para a próxima ronda nesta edição da época 2014/2015 da Taça de Portugal em #Futebol.

A formação orientada por Jorge Jesus adiantou-se no marcador, por volta do minuto 33, com um tento apontado pelo avançado internacional brasileiro Jonas. Ao intervalo registava-se a superioridade das águias no resultado. Mas o segundo tempo foi claramente diferente.

Publicidade
Publicidade

Sérgio Conceição imprimiu outra dinâmica e atitude nos seus pupilos e isso teve efeitos imediatos logo aos 3 minutos da segunda-parte - o central brasileiro fazia o empate. Os bracarenses galvanizaram-se com vários ataques que culminaram ao minuto 58 com o golo do avançado colombiano, Pardo.

A partir daí o Braga conseguiu dominar a partida quase por completo e podia ter ampliado a vantagem no marcador, mas tal não foi possível. O Benfica tentou reagir mas sem sucesso. Com este resultado, os encarnados dizem adeus a mais uma competição. Desta feita uma nacional - a Taça de Portugal. Nesta partida jogaram inicialmente pelo Benfica: Júlio César; Maxi Pereira, César, Jardel e André Almeida; Cristante, Ola John, Enzo Peréz e Gaitán; Lima e Jonas. Jogaram ainda Talisca, Pizzi e Derley. Já o Sporting de Braga apresentou-se com o seguinte onze: Kritsyuk; Baiano, Santos, André Pinto e Djavan; Rúben Micael, Danilo e Tiba; Pardo, Éder e Rafa Silva.

Publicidade

Nesta partida também entraram Custódio, Sami e Salvador Agra.

No final da partida, o técnico minhoto mostrou-se satisfeito com o triunfo da sua equipa. "Tínhamos que eliminar os melhores para seguir em frente na Taça de Portugal. Embora eu entenda as declarações de Jorge Jesus, durante a semana que passou, para mim essas palavras foram a motivação extra que faltava nos meus jogadores. Diante do V. Guimarães (4.ª eliminatória da Taça) ganhámos com mérito; não foi pela agressividade, tal como aconteceu aqui na Luz, e agora vamos disputar a próxima fase com gosto", disse Conceição em declarações à Sport TV.

Já o treinador encarnado, Jorge Jesus lamentou a eliminação justificando que o jogo do clássico com o FC Porto deixou marcas que impediram o Benfica de apresentar o seu onze tipo, e em consequência disso "não esteve na máxima força no jogo com o Braga". "O Salvio fracturou um braço e foi esta quinta-feira operado, o Luisão saiu durante o jogo e o Samaris apresentou-se com fadiga muscular e não estava em condições para jogar. Apesar disso, a equipa jogou bem mas não teve aquela pontinha de sorte que por vezes protege os campeões. Não é desculpa mas há que dar os parabéns ao Sporting de Braga", finalizou.