O treinador do Liverpool, Brendan Rodgers, negou os rumores que dão como possível a saída de Mario Balotelli para o Inter de Milão. Em declarações ao Daily Mail, o técnico britânico afirmou que o regresso do avançado a Itália, "é algo que ainda não passou" pela sua cabeça, uma vez que é fundamental "manter todo o plantel unido" nesta fase menos boa do clube. Estas declarações surgem dois dias depois de Brendan Rodgers ter afirmado que o jogador ainda não se habituou ao estilo de jogo do clube. Contudo, o técnico do Liverpool disse estar empenhado em tirar o máximo de Balotelli "o quanto antes, já que o seu talento é indiscutível, apesar da má fase".

Mario Balotelli mudou-se para Liverpool no mercado de transferências do último verão, tendo sido contratado por 20 milhões de euros ao AC Milan. No entanto, a adaptação ao estilo de jogo do vice-campeão inglês não tem sido a melhor. "Durante estes meses foi possível perceber que ele sente-se mais confortável perto da grande área", destacou Brendan Rodgers, acrescentando ainda que o avançado não está acostumado a pressionar os adversários que têm a bola, nem a jogar com intensidade. E isso tem-se refletido no número de golos marcados. Adquirido pelo Liverpool para suprimir a saída de Luis Suárez para o Barcelona, o polémico avançado marcou apenas dois golos (um na Taça da Liga Inglesa e outro na Liga dos Campeões) em 15 jogos com a camisola dos reds. A juntar ao baixo rendimento desportivo individual, há também a destacar o mau comportamento do jogador que raramente é falado como um exemplo de bom comportamento e o 9.º lugar da equipa na Liga Inglesa.

Antes do voto de confiança, o técnico do Liverpool teceu alguns avisos ao avançado italiano, na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Burnley (Raheem Sterling marcou o único golo da partida e que deu a vitória aos reds), a contar para a 18.ª jornada da Premier League, no qual o jogador não viria a sair do banco de suplentes. "Balotelli tem de habituar-se a ir para o banco", afirmou. Para Brendan Rodgers, nenhum jogador do clube tem lugar garantido no onze inicial e o Super Mario não é exceção. Para além disso, ainda referiu que todos os jogadores "têm de estar preparados" para entrar de início ou durante a partida.

Consciente do mau momento que Balotelli está a passar em Inglaterra, o treinador do Inter de Milão, Roberto Mancini, pretende levar o avançado para o clube italiano, no qual terminou a sua formação. Os conflitos entre ambos, no período em que representavam o Manchester City, parecem estar sanados, uma vez que Mancini mostrou-se bastante agradado com a possibilidade de voltar a treinar o compatriota. Questionado pela Gazzetta dello sport sobre o assunto, Mancini foi bastante esclarecedor na sua resposta. "Se ele aparecesse forte como há um tempo atrás, sim", afirmou o técnico italiano que regressou ao Inter de Milão nesta época. "E se não voltasse? Tudo depende dele", finalizou. Para além do interesse do clube italiano, rumores apontam o PSG como sendo outro possível interessado em adquirir o passe de um dos jogadores mais polémicos da atualidade. #Futebol