Sebastian Vettel, tetracampeão de Fórmula 1, já fez o seu primeiro teste com a Ferrari. O ex-piloto da Red Bull saiu da sua equipa de sempre - ele que tinha crescido com o programa de desenvolvimento da equipa, tendo passado pela equipa júnior Toro Rosso - para abraçar o sonho de quase todos os pilotos. Para Vettel, um fã e amigo próximo de Michael Schumacher, é também uma forma de seguir as pisadas do Heptacampeão. Contudo, a primeira experiência não terá sido ainda realmente competitiva.


Vettel esteve no passado sábado no circuito privado da Ferrari, em Fiorano, para experimentar o Ferrari F2012, com o qual Fernando Alonso o desafiou para o campeonato desse ano. É cedo ainda para testar o carro para 2015, que nem sequer está pronto ainda. Este teste serviu então, mais do que tudo, para se integrar com a equipa, conhecer as pessoas, os procedimentos e a cultura. Esta mesma opinião foi deixada por Helmut Marko, responsável da Red Bull, numa altura em que a sua antiga equipa se tem multiplicado em comentários sobre o seu ex-piloto.


Recorde-se que a Red Bull havia indicado que as primeiras aparições de Vettel com as cores italianas eram, "tecnicamente, um desrespeito do contrato" ainda em vigor, sendo que a equipa da bebida energética não irá tomar qualquer medida nesse sentido. O carácter de marketing e lúdico do teste manifestou-se também no capacete personalizado que Vettel utilizou, com as palavras "o meu primeiro dia na Ferrari" em italiano.


Sebastian Vettel venceu os campeonatos de 2010, 2011, 2012 e 2013 com a Red Bull e é o piloto em actividade com mais títulos conquistados. Depois de um ano desapontante para Alonso na Ferrari e para Vettel na Red Bull, ambos dedicam-se a novos desafios, sendo que o anúncio oficial de Alonso na McLaren deverá estar para breve. Alonso, que é ainda habitualmente reconhecido como o maior da geração actual, tem apenas 2 campeonatos (2005 e 2006) e sabe que tem pouco tempo para igualar o jovem alemão. Hamilton (2008 e 2014), Raikkonen (2007) e Button (2009) completam o leque de campeões em actividade, sendo que se prevê a saída do inglês da McLaren.
#Automobilismo