As hipóteses já não eram muitas, mas este sábado goraram-se por completo. Joel Campbell vai jogar nos espanhóis do Villareal, deixando de lado a hipótese de assinar pelo #Benfica. Desejo antigo de Jorge Jesus para o lado esquerdo do ataque, chegou a ser negociado por Luís Filipe Vieira no verão mas a intransigência do Arsenal afastou as águias. Desta feita era o empréstimo que estava em cima da mesa, mas é de amarelo que o costa-riquenho vai vestir até ao fim da época.

O anúncio oficial foi já feito por parte do actual 6.º classificado da Liga Espanhola que esclareceu que Joel Campbell chega ao Estádio El Madrigal, cedido por 6 meses, inserido na transferência do defesa central Gabriel Paulista para o Arsenal.

Publicidade
Publicidade

Num negócio fechado por 20 milhões de euros, o brasileiro, que já não foi sequer convocado para o jogo de ontem do Villareal, viaja já esta segunda-feira para Londres para assinar pelos "Gunners", seguindo o caminho inverso o avançado da Costa Rica.

Recordamos que o namoro entre Benfica e Campbell esteve bem perto de dar em casamento no verão passado, quando os encarnados chegaram a conversar directamente com o Arsenal para fechar a contratação do esquerdino de 22 anos. Mas na recta final do negócio, Arsène Wenger "roeu a corda" e não autorizou a saída do jogador alegando que contava com ele, algo que acabou por não se confirmar. Dono de uma excelente capacidade técnica, Joel Campbell é o típico avançado que entusiasma qualquer plateia. De estatura média (1,78) a velocidade é um dos pontos fortes de um jogador que aparece com facilidade em zonas de finalização.

Publicidade

Ligado aos "Gunners" desde 2012, a falta de licença de trabalho adiou a estreia do costa-riquenho na Premier League, o que levou a sucessivos empréstimos a Lorient, Real Betis e Olympiakos. Depois de voltar a "explodir" no Campeonato do Mundo no Brasil, as portas de Inglaterra abriram-se, por fim, ao avançado que acabou por não ser aposta de Wenger.

Com 22 anos, Joel Campbell entra agora na sua segunda experiência em Espanha, indo encontrar no Villareal Giovanni dos Santos e Ikechukwu Uche com quem vai de certeza formar um tridente de luxo no ataque do "Submarino Amarelo". Já em relação ao Benfica, e confirmada a "perda" do avançado costa-riquenho, resta a Jorge Jesus contentar-se com Jonathan Rodriguez e Élbio Alvarez que já chegaram a Lisboa. #Futebol