Entrada com o pé direito de Jorge Costa ao leme das "Panteras Negras" que se estrearam com uma importante vitória na Taça das Nações Africanas (CAN), ao derrotar o Burkina Faso por 2-0. Num jogo que colocava frente a frente as duas selecções mais fortes do grupo A, a eficácia na finalização fez toda a diferença no marcador. Destaque para a estrela gabonesa Pierre-Emerick Aubameyang, que inaugurou o marcador em Bata aos 19 minutos. Tal lançou a sua equipa para o triunfo.

Num duelo em que o favoritismo caía levemente para a equipa do Burkina Faso, muito por causa do segundo lugar na última CAN (derrota na final com a Nigéria por 1-0), o Gabão entrou algo receoso e com dificuldades em parar o jogo mais directo e repentino dos "Garanhões", que apostavam no goleador e estrela da equipa, Jonathan Pitroipa, para decidir.

Publicidade
Publicidade

No entanto, a falta de pontaria e a boa exibição do guardião gabonês mantiveram os vice-campeões em branco.

Com 0-0 no marcador e já com mais de 15 minutos passados, o Gabão começou a soltar as amarras e sob a batuta do astro Aubameyang inaugurou o marcador, numa jogada em que o avançado do Borussia de Dortmund mostrou o seu instinto matador. A eficácia fazia toda a diferença no resultado. Em desvantagem, o Burkina Faso continuou a desperdiçar oportunidades atrás de oportunidades, e veio ao de cima a velha máxima no #Futebol do "quem não marca arrisca-se a sofrer" e foi o que aconteceu, quando aos 72 minutos, Malick Evouna fez de cabeça o 2-0, resultado que se manteve até ao fim da partida.

Vitória muito importante de Jorge Costa nesta CAN 2015, sobre o adversário mais forte neste Grupo A.

Publicidade

O Gabão é desde já primeiro classificado isolado, dado que no outro jogo do grupo, a anfitriã Guiné Equatorial empatou 1-1 com o Congo, repartindo ambas as equipas o segundo lugar do grupo. Este domingo a CAN segue a todo o ritmo com a primeira jornada do Grupo B, do qual todo o destaque recai na estreia de Cabo Verde frente à Tunísia. A selecção treinada pelo português Rui Águas entra em campo às 19 horas em Ebebiynín. Antes, às 16 horas, Zâmbia e RD Congo abrem as hostilidades deste Grupo B.