No final da primeira volta acontece mais uma chicotada psicológica no #Futebol português com Domingos a deixar o Vitória de Setúbal. O treinador português encontrou-se com a administração sadina depois da derrota caseira com o Sporting de Braga por 3-1. Desta reunião saiu a decisão que já há muito se esperava: a saída do ex-internacional português do comando técnico da equipa do Vitória. O resultado diante dos minhotos foi a 11.ª derrota em 17 encontros, o que equivale a dizer que o Setúbal tem neste momento 14 pontos fruto da obtenção de quatro vitórias e dois empates. Este é só somatório da primeira volta da formação setubalense.

Quanto ao jogo propriamente dito, o Sporting de Braga impôs-se neste domingo ao Vitória de Setúbal por 3-1, no Estádio do Bonfim.

Publicidade
Publicidade

Apesar de mais uma derrota e desta vez no seu próprio reduto, foi a equipa da casa a marcar primeiro neste encontro por intermédio do avançado português Zequinha, quando o ponteiro do relógio marcava o minuto 15 do primeiro tempo. Ao intervalo verificava-se um resultado favorável às cores sadinas: 1-0.

Todavia a história do jogo na segunda parte foi diferente. O Braga foi para cima do seu adversário criando inúmeras ocasiões de golo. O primeiro chegou pelos pés do médio centro brasileiro Danilo, que igualou o jogo com um golo apontado aos 53 minutos. Depois disso a formação minhota beneficiou de um autogolo de Frederico Venâncio, aos 57 minutos. Ao verem-se a perder, os jogadores tentaram novamente empatar a partida mas sem sucesso já que no tempo de descontos, o avançado cabo-verdiano, José Luís fez o terceiro golo do Sporting de Braga e sentenciou em definitivo a vitória da equipa chefiada pelo técnico luso Sérgio Conceição.

Publicidade

Resta referir que o Vitória de Setúbal acabou este jogo em inferioridade numérica, por causa da expulsão aos 85 minutos de Yann. Levou um vermelho directo por ter agredido o lateral brasileiro da equipa minhota, Baiano, com uma forte cotovelada na cara. Um lance feio que foi marcado pelo fair play dos adeptos sadinos ao assobiarem de forma dura o seu jogador quando saía de campo.

Nas próximas horas haverá novidades sobre quem vai substituir Domingos Paciência. Há muito tempo que o antigo avançado do FC Porto e da selecção nacional vinha sendo contestado, tantos pelos resultados como pelas fracas exibições que a equipa tem feito ao longo da presente temporada. Resultado disso é 15.º lugar que ocupa no campeonato nacional com 14 pontos, mais cinco que o actual "lanterna vermelha" - o Gil Vicente de José Mota, com 9.