O FC Porto venceu nesta noite gelada o Gil Vicente por 5-1 e isola-se no segundo posto da Primeira Liga. Os azuis e brancos golearam por 5-1 a equipa lanterna vermelha do campeonato nacional de #Futebol. Apesar de um início "meio engasgado", os dragões construíram um resultado sólido e dilatado, numa exibição bem sustentada e que acabou por ser bem vistosa. O domínio evidente do emblema portuense só podia dar neste resultado: vitória gorda!

Do encontro resultaram duas expulsões, uma para cada lado: o médio Jander do Gil Vicente aos 38 minutos e ainda Alex Sandro, do lado do FC Porto, aos 92 minutos. Os golos azuis e brancos ficaram a cargo de Casemiro (36m), Martins Indi (55m), Brahimi (o Melhor Jogador Magrebino 2014, aos 70m), Óliver (79m) e Jackson Martinez (87m).

Publicidade
Publicidade

O tento de honra gilista foi apontado aos 76 minutos, no segundo tempo, por intermédio de Vitor Gonçalves.

Eis o onze inicial do FC Porto desenhado pelo técnico Julen Lopetegui: Fabiano; Danilo, Maicon, Martins Indi e Alex Sandro; Casemiro, Herrera e Olivier Torres; Tello, Brahimi e Jackson Martinez. Jogaram ainda Ricardo Quaresma, Quintero e Adrián.

O Gil Vicente, orientado pelo carismático, José Mota entrou com o seguinte onze: Adriano; Gabriel, Enza-Yamissi, Pecks e Evaldo; Luís Silva, João Vilela e Janker; Paulinho, Simy e Diogo Viana. Caetano, Avto e Vítor Gonçalves também cumpriram minutos neste encontro.

Para a história fica o resultado final pesado para o Gil Vicente, que continua a ser a formação mais fraca do nosso campeonato, sem beliscar este ou qualquer outro adversário nos últimos jogos do campeonato português.

Publicidade

Daí ser cada vez mais último e ter neste momento somente 6 pontos (seis empates) em 15 jogos disputados. Esta inferioridade é justificada pelos 28 golos sofridos e nos apenas 9 marcados, o primeiro registo nos dois patamares das 18 equipas em competição.

Por sua vez, o FC Porto isolou-se no segundo lugar, estando agora com 34 pontos e manteve o Sporting no 3º posto, com 30. O Benfica, que joga com o Penafiel amanhã, é obrigado a vencer se não quiser ver os dragões aproximarem-se e ficarem só a três pontos.

Resta referir que este golo apontado por Jackson Martinez introduz o avançado colombiano como o segundo melhor marcador estrangeiro da história do FC Porto (79 tentos), ultrapassando o brasileiro Hulk que tem 78 golos. O lendário Mário Jardel continua em primeiro desta lista, com 168. Jackson Martinez é actualmente o melhor marcador do campeonato da 1ª Liga portuguesa, com 12 golos.