Andy Murray, atual 6º classificado do ranking ATP, segue em frente no Open da Austrália após ter vencido o português João Sousa com os parciais de 6-1, 6-1 e 7-5. Num jogo pautado pela consistência inicial de Andy Murray, o britânico acabou por levar a melhor perante o português, 55º no ranking ATP e nº 1 no ranking nacional, a participar pela terceira vez no Open australiano. Murray mostrou nos dois primeiros sets um #Ténis de extrema qualidade, raramente dando oportunidade a João Sousa para ripostar. Murray esteve imparável no primeiro set, conseguindo vencer por 6-1, com João Sousa a ceder dois jogos de serviço perante um Murray rápido, forte e eficaz.

Publicidade
Publicidade

O resultado repetir-se-ia no segundo set, com Murray a aumentar a velocidade e a mostrar algumas pancadas de belo efeito. Viu-se um João Sousa mais motivado; contudo, contra um Murray em excelente forma, de pouco ou nada valeu ao português a motivação. Neste segundo set João Sousa apresentou ainda pequenas queixas no joelho esquerdo, tendo sido assistido por um fisioterapeuta durante alguns minutos. Voltou para terminar o set sem queixas de maior.

O terceiro set traria um João Sousa mais solto. Cedendo novamente dois jogos de serviço para Murray, o tenista português esteve a perder por 1-4, mas de súbito subiu de forma, chegando mesmo a quebrar um jogo de serviço do britânico e levando a partida até um indeciso 5-5. Todavia, a qualidade de Murray sobressaiu nos últimos jogos do terceiro set, fechando o jogo de serviço a seu favor e quebrando o serviço do português, atirando João Sousa para fora do torneio. 


O tenista português admitiu, em declarações prestadas à agência Lusa, que poderia ter jogado melhor no embate contra o britânico: "Obviamente não estou contente com o resultado, podia ter feito muito melhor, mas as coisas são assim, há que continuar com confiança para os próximos torneios". Andy Murray defronta Grigor Dimitrov na 4ª ronda do Open da Austrália; já João Sousa ainda não fez as malas, tendo ainda que disputar a segunda ronda de pares, com o companheiro Santiago Giraldo.