Johan Cruyff, um dos melhores futebolistas de todos os tempos, veio a terreiro esta segunda-feira contestar a atribuição da terceira Bola de Ouro da carreira a Cristiano Ronaldo, estrela do Real Madrid e capitão da selecção portuguesa de #Futebol. Para o antigo avançado holandês, é "absurdo" que CR7 tenha sido distinguido como o melhor jogador do mundo em 2014, na medida em que o jogador português foi um mero "espectador" no Mundial de Futebol Brasil 2014. Cruyff, que tal como Cristiano Ronaldo é detentor de três Bolas de Ouro, refere ainda que já não consegue "levar a sério" este prémio da FIFA. Recorde-se que o craque português levou a melhor sobre Lionel Messi e Manuel Neuer, segundo e terceiro classificados, respectivamente.

Publicidade
Publicidade

Num artigo de opinião publicado na edição de ontem do diário holandês De Telegraaf, Johan Cruyff começa por indicar quem deveria ter arrecadado a Bola de Ouro. Toni Kroos, que após o Campeonato do Mundo trocou o Bayern Munique pelo Real Madrid, era a escolha mais acertada, no entender de Cruyff. O holandês defende que além dos "rendimentos individuais", os "títulos de equipa" também deveriam pesar na eleição do melhor do mundo. "No ano de 2013, o Bayern Munique ganhou tudo o que havia para ganhar, mas isso não impediu que Cristiano Ronaldo vencesse o prémio ao invés de Toni Kroos ou outro qualquer do Bayern". Cruyff prossegue a sua justificação, ao escrever que "o ano passado, Kroos voltou a ser um jogador determinante na equipa que venceu o Campeonato do Mundo, mas mais uma vez nem foi selecionado para os três finalistas.

Publicidade

Ronaldo, por seu turno, passou completamente ao lado do Mundial", frisou.

Ao longo da sua carreira de jogador, Cruyff, que representou clubes como Ajax, Barcelona ou Feyenoord, não percebe como é que nos últimos anos não foram escolhidos jogadores que "tenham praticado um futebol excelente" assente na conquista de títulos. "Ao mais alto nível, tudo se resume a uma combinação de talentos individuais e títulos. Deste modo, é absurdo distinguir o mesmo jogador em dois anos consecutivos, sem que este tenha jogado de forma excelente e sem que tenha conquistado a maior parte dos títulos", atirou o holandês, de 67 anos.

Zinedine Zidane acredita que Cristiano Ronaldo vai arrecadar mais Bolas de Ouro

Opinião contrária à de Johan Cruyff tem Zinedine Zidane, campeão do mundo pela França em 1998 e da Europa dois anos mais tarde. Segundo o actual treinador da equipa de reservas do Real Madrid, Cristiano Ronaldo "vai ganhar mais Bolas de Ouro" porque aquilo que tem vindo a fazer "é de outro planeta". Zidane, que venceu o prémio de melhor do mundo em 1998, na altura ao serviço da Juventus, não tem dúvidas: "Se Cristiano Ronaldo continuar assim, pode mesmo vir a ganhar mais Bolas de Ouro do que Lionel Messi", salientou o francês esta segunda-feira.