Lucas Sasha, médio brasileiro de 24 anos, pode ser reforço do #Sporting em... junho. Apesar da janela de transferências estar neste momento ativa, até dia 7 de fevereiro, a verdade é que o atual jogador do Hapoel Tel Aviv só virá para Alvalade caso se registe a saída de algum dos médios. O Sporting, de resto, está atento ao jogador em virtude deste terminar contrato com os israelitas no final da atual época. Formado no Corinthians, Lucas Sasha passou depois por Grémio Barueri e Pinheiros antes da primeira aventura na Europa, ao serviço do modesto Catanzaro, de Itália. Regressou ao Brasil, onde representou São José e Icasa, antes de rumar ao CSKA Sofia.

Publicidade
Publicidade

Cumpriu apenas uma época na Bulgária e está agora no segundo e último ano de contrato com o Hapoel.

Curiosamente, Lucas Sasha, além da língua-mãe, tem outra ligação a Portugal. O médio é irmão de Marcão, guarda-redes de futsal que representou, no nosso país, Belenenses e Benfica, antes de ter rumado, no início desta época, ao Kairat Almaty, do Cazaquistão.

"Recomendado" por David Caiado
De resto, Lucas Sasha viu mesmo um português tecer-lhe rasgados elogios. Foi David Caiado, atualmente no Vitória de Guimarães, e que jogou com o médio na Bulgária, a utilizar a rede social Facebook para "recomendar" a contratação do brasileiro. "Craque, está a chegar a tua hora. Mereces mano" escreveu Caiado, num post que acabou por ser comentado pelo próprio Lucas: "A torcer para dar certo. Deus sabe de todas as coisas. Tou sempre na torcida por você meu irmão."

Médio abre portas à mudança

Lucas Sasha falou esta terça-feira sobre o eventual interesse do Sporting, abrindo as portas a uma mudança para Alvalade, revelando mesmo conhecimento profundo do campeonato português, em virtude da ligação do irmão ao nosso país.

"Fui apanhado de surpresa hoje de manhã com a notícia. Ainda não falei com o meu empresário porque estive no treino até agora. Preciso de falar com ele sobre novas propostas. Estou a ser apanhado de surpresa. Mas só de saber desse possível interesse já fico muito feliz", afirmou Lucas, ao final da manhã de terça-feira, à CMTV, manifestando profunda admiração pelo #Futebol português:

"Interessa-me muito. É um sonho para mim. O meu irmão jogou futsal durante sete anos em Portugal. Já visitei o país e gosto muito. Quanto ao Sporting, é um grande clube, com uma história impressionante. Interessa-me muito. Sempre acompanhei o futebol europeu, desde criança, e sei de toda a grandeza do Sporting e de como é forte na Europa. É um clube que admiro."

Especialista nas bolas paradas
Na conversa com a CMTV, Lucas Sasha definiu-se ainda enquanto jogador. Apesar de ocupar posições mais ofensivas no Hapoel, o brasileiro explicou ser um jogador "dinâmico e muito forte defensivamente", revelando ainda uma das suas principais armas: "Tenho um bom remate".

"Gosto mais de jogar a 8. Médio centro é a melhor posição para mim", acrescentou Lucas Sasha, que desde cedo demonstrou apetência para as bolas paradas.

Publicidade

De resto, é ele o jogador preferencial para esse tipo de jogadas no Hapoel, sejam livres ou pontapés de canto. Além do pé direito, preferencial, o médio sabe também atuar com o pé esquerdo.