Ricardo Costa abordou nesta quinta-feira a nova contratação do Sporting, o central brasileiro Ewerton. Recorde-se que o experiente defesa manteve durante algum tempo conversações com os leões com vista à sua entrada na equipa, mas uma diferença em termos valores no vencimento ditaram por não concretizar a transferência do jogador. “Muito sinceramente, não sei o que é que o #Sporting Clube de Portugal quer ou tenciona fazer com a aquisição deste jogador. Com todo o respeito que tenho por ele, como qualquer outro colega de profissão. Não percebo a contratação de Ewerton. Tenho conhecimento que a sua passagem pelo Sporting de Braga foi bastante positiva e fez um excelente trabalho. E por isso, mostrou qualidades evidentes que mostram que é um bom jogador”, afirmou em entrevista à Rádio Renascença.

“Não sei está apto ou não a jogar. Isso já são decisões e responsabilidades tanto de quem o contrata como de quem o treina. O Sporting tem gente bastante competente nos seus quadros. Daí que sejam eles e não eu, quem tem de saber essas respostas.”, acrescentou o defesa central.

Questionado sobre a condição física do jogador, Ricardo refere desconhecimento total sobre a situação. “Não sei o que o Sporting pretende com a aquisição de Ewerton, até porque também não sabia que ele estava sem jogar, e três meses ainda custa a recuperar. Principalmente nesta altura do campeonato e das provas em que o clube está envolvido (Taça de Portugal e Liga Europa)”.

Ricardo Costa tem 33 anos e joga actualmente no PAOK de Salónica, na Grécia, onde é companheiro do também defesa central Miguel Vítor (ex-Benfica). Formado no Boavista e no FC Porto, o experiente central jogou ainda no VFL Wolfsbug da Alemanha, no Lille de França e ainda no Valência, em Espanha. No principio da presente temporada jogou no Catar, ao serviço do Al-Sailiya. Conta ainda com 22 internacional e um golo marcado pela Selecção portuguesa. Conquistou ainda 14 títulos, a maior parte ao serviço do FC Porto. Nos azuis e brancos conquistou quatro campeonatos (2002/03; 2003/04; 2005/06; 2006/07), três taças de Portugal (2000/01; 2002/03; 2005/06), duas Super Taças de Portugal (2001 e 2004), uma Taça UEFA (2002/03), uma Liga dos Campeões (2003/04), uma Taça Intercontinental (2004) e um Nacional de Júniores A 1ª Divisão (1998/99). Na Alemanha sagrou-se campeão na época 2008/09 pelo Wolfsbug. #Futebol