Poderá estar para breve a confirmação oficial da saída de Naby Sarr do #Sporting. Depois de perder a titularidade no eixo defensivo leonino, o francês é agora a quarta opção para Marco Silva. Ecos da imprensa francesa apontam como avançadas as negociações entre o clube verde e branco e os ingleses do Charlton. Em cima da mesa está um empréstimo até ao fim da temporada, podendo até ao final da semana ficar confirmado um negócio à imagem do que foi efectuado com Maurício e a Lazio.

Seis meses depois de ter chegado a Alvalade como o sucessor de Marcos Rojo no centro da defesa do Sporting, o campeão do Mundo de sub-20 pela França em 2013 está a um passo de deixar os verde e brancos.

Publicidade
Publicidade

Depois de ter sido aposta regular do técnico Marco Silva, o gaulês foi somando erros que custaram pontos, fazendo-o perder, paulatinamente o lugar no onze inicial. Formado no Olympique de Lyon, clube com o qual o Sporting negociou a sua vinda para Lisboa, Naby Sarr era visto como um central de futuro. Com uma estampa física assinalável, os seus 1,96 metros faziam prever que o futuro da defesa leonina estava assegurada, garantindo aos verde e brancos a inclusão de uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros, de forma a afastar possíveis aproximações dos "tubarões" do #Futebol europeu.

Depois de ser titular absoluto nas nove primeiras partidas oficiais da época (sete jogos do campeonato e dois da Liga dos Campeões), Naby Sarr foi relegado para o banco, depois de somar erros comprometedores e hesitações que deixavam o mundo leonino com o "coração nas mãos" sempre que a bola se aproximava do raio de acção do francês.

Publicidade

As boas exibições de Paulo Oliveira, que fez o percurso contrário do gaulês, saltando do banco para o onze, e até mesmo a promoção do jovem Tobias Figueiredo, foram obstáculos que Sarr não foi conseguindo ultrapassar, não sendo a falta de oportunidades uma das razões que pode ser apontada para esse facto.

Com um total de 17 jogos de leão ao peito, 16 dos quais como titular, Naby Sarr não correspondeu às expectativas tendo ainda marcado um auto-golo (frente ao FC Porto para o campeonato) e um golo, esse sim a contar para o Sporting, contra os alemães do Schalke 04. Cada vez com menos espaço, nem a saída de Maurício para os italianos da Lazio "ajudou" o francês que é agora a quarta opção para Marco Silva na posição de defesa central, estando já atrás do recém contratado Ewerton que chegou esta semana dos russos do Anzhi.

Aos 21 anos, Sarr está prestes a experimentar outros campeonatos, sendo que o Charlton Athletic, actual 17.º classificado do Championship (equivalente à Segunda Liga portuguesa) é o o emblema melhor colocado para ficar com o central. É expectável que as próximas horas sejam decisivas para o entendimento entre as três partes.