Três jogos, três vitórias. É este o saldo positivo do Irão nesta Taça Asiática, após terminar a fase de grupos com 9 pontos, conquistando o primeiro lugar. Frente aos Emirados Árabes Unidos (EAU), que entravam para esta última jornada também já qualificados, os pupilos de Carlos Queiroz festejaram o triunfo de forma efusiva, quando aos 90+1 minutos, Reza Ghoochannejhad fez de cabeça o único golo da partida. Os iranianos ficam agora à espera da Jordânia ou do Iraque nos quartos-de-final.

Numa partida uma vez mais marcada pela excelente moldura humana que esteve presente no estádio, muito por culpa dos adeptos iranianos, as duas equipas entravam em campo já qualificadas, mas tinham como objectivo garantir o primeiro lugar, de forma a "fugir" ao poderoso e actual campeão, o Japão, nos quartos-de-final.

Publicidade
Publicidade

A jogar para dois resultados, os EAU tinham vantagem na diferença entre os golos marcados e sofridos, bastando empatar para garantir o primeiro lugar do Grupo C, por isso não foi de estranhar maior pendor ofensivo por parte do Irão.

Depois de uma primeira parte em que as melhores oportunidades surgiram para o lado da selecção de Carlos Queiroz, o segundo tempo trouxe uma equipa dos Emirados Árabes Unidos mais afoita no ataque, mas sem nunca conseguir incomodar o guardião iraniano do Penafiel, Haghighi. Com mais dificuldades em criar lances de perigo, o Irão apostou nas bolas paradas e foi precisamente de um pontapé de canto, que aos 90+1 minutos Reza Ghoochannejhad, que tinha entrado aos 72 minutos, aproveitou uma segunda bola e, de cabeça, deixou em festa os milhares de iranianos que estavam no Suncorp Stadium em Brisbane.

Publicidade

Com 9 pontos em 3 jogos, e com uma defesa inviolável, Carlos Queiroz fez um balanço naturalmente positivo da primeira fase desta Taça Asiática: "Estas vitórias deixam-nos motivados. Agora estamos a jogar bem, confiantes tactica e mentalmente, com os mais jovens a actuarem como se tivessem mais experiência. Este triunfo foi realmente bom, frente aos Emirados Árabes Unidos, que na minha opinião, são a selecção que melhor #Futebol pratica na Ásia ocidental. Hoje [segunda-feira] mostrámos concentração e acreditámos até ao fim", disse o técnico português em conferência de imprensa.

No outro jogo do Grupo C, e já sem hipóteses de seguir em frente, o Bahrein venceu o Catar por 2-1, conseguindo sair da Austrália com 3 pontos. Com o Irão no primeiro lugar e Emirados Árabes Unidos no segundo posto, ficam apenas a faltar agora os "representantes" do Grupo D, no qual o Japão já está qualificado, faltando a decisão entre Jordânia e Iraque, para ocupar a última vaga nos quartos-de-final. Todas as decisões vão ficar definidas esta terça-feira.