Anderson Silva voltou de uma longa lesão (cerca de 13 meses) aos ringues do Ultimate Fight Championship (UFC). O Spider assinalou o regresso com uma vitória convincente sobre o norte-americano Nick Diaz, com decisão unânime, pelos parciais de 49-46, 50-45 e 50-45. O combate deu-se na MGM Grand Garden Arena, em Las Vegas (Estados Unidos). O final do combate foi extremamente emotivo para o campeão brasileiro, que não conseguiu evitar as lágrimas - ele que passou recentemente por um reality show televisivo.

Muitos sugerem que este poderá ter sido o seu último combate, dada a sua idade e as pressões da família para deixar os octógonos. Contudo, Anderson tem contrato com o UFC para mais combates e o próprio, em declarações emocionadas à imprensa após o final do combate, pediu desculpa à sua família e relembrou que "isto [as lutas no Ultimate Fighting Championship] é o que eu sou, é o qwue eu faço" e indicou que acredita que vai cumprir o seu contrato e continuar a lutar - desde que não seja contra os seus compatriotas Jacaré e Lyoto, como o próprio já referiu. Ainda assim, no imediato Silva vai regressar para estar mais tempo com a família.



Era esperado que o brasileiro defrontasse o vencedor do combate entre Chris Weidman e Vitor Belfort, que estava agendado para o próximo dia 28 de Fevereiro. Contudo, Weidman lesionou-se, por sua vez, a treinar para o UFC 184 contra Belfort, o que já obrigou ao adiamento deste combate. O norte-americano fracturou uma costela ao realizar um movimento que, de acordo com o seu treinador (citado pelo Esporte IG), "já fez um milhão de vezes."   


Anderson Spider Silva tem 39 anos e muitos sugeriam que já não iria conseguir ultrapassar a grave lesão na sua perna esquerda. Recorde-se que o brasileiro fracturou a perna esquerda, num lance infeliz, no combate precisamente com Chris Weidman, a 28 de Dezembro de 2013.


O Ultimate Fighting Championship é um campeonato de artes marciais mistas, fundado nos Estados Unidos no início dos anos 90. O campeonato nasceu da ideia de demonstrar qual das várias artes marciais ( jiu-jitsu, judo, wrestling, karaté, muay thai, tae kwon do) seria a mais eficaz. Gradualmente, o campeonato evoluiu para a adopção de técnicas mistas, combinando as diferentes disciplinas de origem. O combates do UFC (onde pontifica um lutador de origem portuguesa, António Carvalho, conhecido como o "Pato") são transmitidos em Portugal pela Sport TV.