Terminou sem brilho a passagem de Steven Vitória pelo #Benfica. Depois de temporada e meia onde jogou apenas quatro jogos (!) com a camisola principal dos encarnados, o central saiu para jogar nos Estados Unidos. Emprestado com opção de compra por parte do Philadelphia Union, o luso-canadiano não escondeu o desalento pela escassa utilização, remetendo para Jorge Jesus as explicações para os diminutos 302 minutos de águia ao peito.

Chegado à Luz no início da temporada passada, depois de três anos em grande nível no Estoril-Praia, Steven Vitória foi contratado para fazer frente a Luisão, Garay e Jardel. Contudo, o defesa central acabou por jogar mais pela equipa B encarnada, onde somou 7 jogos e apontado 3 golos.

Publicidade
Publicidade

Este ano e já sem espaço no plantel principal, Steven esteve sem jogar quase seis meses, acabando agora emprestado ao emblema norte-americano.

Nascido em Toronto, Steven Vitória teve um percurso sempre ascendente em Portugal. Depois de assinar aos 18 anos pelos juniores do FC Porto, somou empréstimos consecutivos a Tourizense, Olhanense e Sporting da Covilhã, até que em 2010 mudou-se de armas e bagagens para a Amoreira. De amarelo vestido, o central de 28 anos chegou a fazer dupla na defesa com Marco Silva, actual treinador do Sporting. Num percurso de três temporadas, Steven Vitória ajudou o emblema da linha a vencer o campeonato da Segunda Liga, já com o mesmo Marco Silva como treinador, assumindo-se como o patrão do sector mais recuado dos estorilistas, tendo marcado a diferença a defender e a atacar, apontando 13 golos em 2012/2013.

Publicidade

Depois de assinar pelo Benfica, Steven ambicionava subir mais um degrau na sua carreira, num plano que passava por ser chamado também à Selecção Nacional. No entanto, tudo saiu ao contrário e o defesa acabou por perder protagonismo e espaço no #Futebol português. Aos 28 anos regressa ao continente americano, e foi já em Filadélfia que o luso-canadiano não escondeu o desagrado pela escassa utilização por parte de Jorge Jesus.

Emprestado até Dezembro, será na Major League Soccer (MLS) e com as cores do Philadelphia Union que Steven vai recupera o prazer de jogar futebol. Se um dia vai regressar ao Benfica? Provavelmente não, mas será sempre com o sorriso no rosto, que o caracteriza, que Vitória vai dar a volta por cima.