Bicampeão alemão em 2010/2011 e 2011/2012, finalista vencido da Liga dos Campeões 2012/2013, entre muitos outros títulos nacionais, internacionais e distinções. Foi lá que Paulo Sousa venceu a sua segunda Liga dos Campeões, em 1997. Quem diria que o último classificado da Bundesliga tinha um palmarés tão vasto? O Borussia Dortmund vive um dos momentos mais negros da sua história, correndo o risco de ser relegado da Bundesliga.

Passadas 19 jornadas da Bundelisga 2014/2015 da Alemanha, o Borussia Dortmund é último com 16 pontos, apenas a 2 da "salvação". Ainda falta muito campeonato, mas os níveis anímicos da equipa não são os melhores e se os resultados continuarem a ser desastrosos, o risco de descida vai sendo cada vez maior.

Publicidade
Publicidade

Jurgen Klopp tem uma tarefa muito difícil pela frente na Bundesliga, mas a campanha na Liga dos Campeões pode ser positiva. O Dortmund vai jogar os oitavos-de-final contra a Juventus.

Mas o que pode fazer o Dortmund para evitar a descida de divisão? Para começar, não deve seguir os exemplos dos clubes que se seguem. Grandes clubes europeus que, sem darem por isso, desceram de divisão e espantaram o mundo do #Futebol. Vejamos alguns exemplos.

Manchester United - 1973/1974

Quem diria que o colosso Manchester United já tinha feito uma visita à 2ª divisão inglesa? Em 73/74, após 6 anos da sua primeira conquista europeia, os red devils foram relegados. Isto numa época em que as lendas Bobby Charlton e Dennis Law já tinham abandonado o clube, e George Best tinha sido colocado na lista de transferências.

Publicidade



West Ham - 2002/2003

O West Ham é um dos clubes ingleses que luta constantemente para não ser relegado para o Championship. Em 2002/2003 os hammers tinham um plantel cheio de jovens talentos a despontar no futebol inglês, mas desiludiram a todos os níveis. Trevor Brooking orientava um grupo com Rio Ferdinand, Michael Carrick, Defoe, Joe Cole, e os já consagrados Di Canio, Les Ferdinand e Kanoute. Mas nem mesmo assim evitaram a descida.

Leeds United - 2002/2003

Em 2001, o Leeds United marcava presença nas meias-finais da Liga dos Campeões contra o Valência, e três anos mais tarde, deparou-se com o cenário da descida. Para agravar a situação, o dono do Leeds - Peter Ridsale - tinha feito empréstimos intermináveis para tentar o sucesso europeu. Falhou, o Leeds desceu e afundou-se em dívidas. O clube foi punido com a descida para a 3ª divisão do futebol inglês, voltando em 2010 ao Championship.

Juventus - 2005/2006

Curiosamente, a Vecchia Signora é o único clube nesta lista que não desceu de divisão devido aos maus resultados.

Publicidade

Muito pelo contrário, pois em 2005/2006 a Juventus apenas contou uma derrota em 38 jogos, com estrelas como Patrick Vieira, Zlatan Ibrahimovic, Del Piero e muitos outros. Claro que, se bem se recordam, foi a forma como conseguiu esses resultados fantásticos que ditou a descida de divisão do histórico clube italiano. No seguimento do escândalo Calciocaos, foi retirado o título de campeão à Vecchia Signora e ainda desceu de divisão.

Newcastle United - 2008/2009

Por fim, mais um histórico clube europeu a descer de divisão. A 8 jogos do fim do campeonato, a lenda dos magpies Alan Shearer assumiu o cargo de treinador. Shearer afirmou na altura que iria "tentar fazer o melhor para evitar que o Newcastle desça de divisão. Não merece, é um clube fantástico!" Infelizmente aconteceu. De lembrar que na altura jogavam em St. James Park jogadores como Michael Owen, Obafemi Martins e Coloccini, entre outros.