De acordo com a imprensa britânica, o Real Madrid pretende contratar David De Gea para suceder a Casillas na baliza merengue. O guarda-redes termina contrato com o Manchester United em 2016 e a intenção de Florentino Pérez é contar com ele a custo zero, estando para isso na disposição de o ver nos Red Devils por mais uma época. Desde o reinado de José Mourinho no Bernabéu, que Iker Casillas perdeu o estatuto de titular indiscutível e nem a chegada do treinador italiano Carlo Ancelotti lhe devolveu esse papel. O espanhol atravessa um percurso exibicional descendente na carreira e a sua titularidade tem sido relacionada à falta de alternativas para o lugar.

Publicidade
Publicidade

O costa-riquenho Keylor Navas foi contratado no verão passado, depois de um mundial em que brilhou ao serviço da sua seleção, mas nunca conseguiu agarrar um lugar na baliza do Real Madrid, como muitos previam. A solução encontrada pelos responsáveis do #Futebol merengue passa agora por trazer um guarda-redes de valor inquestionável, habituado a lidar com a pressão de um grande clube e que agarre desde logo um lugar no onze. Alguém com estatuto suficiente para destronar Iker Casillas, sem que se faça disso um caso. Nesta perspectiva, surge com toda a naturalidade o nome de De Gea, que após um período inicial de difícil adaptação a Inglaterra, tornou-se dono e senhor da baliza, que desde Van der Sar não conhecia tal estabilidade, mesmo tendo em conta a fase conturbada em que o clube se encontra.

Jorge Mendes, agente do guarda-redes espanhol, respondeu à probabilidade desta eventual transferência, dizendo ao órgão de comunicação espanhol Cadena Ser, estar a iniciar conversas com o clube de Manchester para a renovação do contrato, mas dada a sua proximidade ao Real Madrid é certo que as negociações não serão fáceis de alcançar.

Publicidade

Manchester United estuda possíveis alternativas

De acordo com o jornal britânico Daily Express, o Manchester United já analisa possíveis substitutos para David De Gea, estando o francês Hugo Lloris no topo das preferências. O guarda-redes de 28 anos vai na sua terceira época ao serviço do Tottenham e para o contratar os Red Devils terão que desembolsar cerca de 34 milhões de euros.