Com quatro golos marcados ao serviço do Sporting, desde que foi contratado no início desta temporada, Junya Tanaka voltou a ser opção de Marco Silva na receção ao Benfica (1-1), tendo entrado para o lugar de Montero. O japonês reclama mais oportunidades de leão ao peito. «Mesmo que não jogue muito, tenho a certeza que posso fazer muitos mais golos. É duro não jogar com regularidade, mas tenho a certeza que agora estou em condições de mostrar o meu #Futebol», afirmou o avançado internacional pelo seu país. Tanaka falava à agência de notícias Kyodo News, numa entrevista reproduzida em diversos meios de comunicação do Japão.

Ainda assim, Tanaka adopta um discurso tranquilo e deixa, entre elogios ao clube, uma palavra a Marco Silva, de quem, diz o próprio, tem toda a confiança.

Publicidade
Publicidade

 «Fiz muitos golos no Japão e por isso esperava ser mais utilizado. Talvez seja por ser japonês, se fosse brasileiro... O treinador tem apostado mais em Montero e Slimani, que agora está lesionado. Mas sabe que posso ajudar e se nenhum deles não marcar golos posso ser opção. Marco Silva tem muita confiança em mim», explicou Tanaka.

Na extensa entrevista dada à agência de notícias do Japão, Tanaka fala igualmente da adaptação ao futebol português onde, confessa, é mais fácil fazer golos que no futebol japonês. «O futebol português é muito veloz e sei o que posso e tenho de fazer no Sporting. Só tenho de estar perto do golo. Estou numa equipa forte, que joga com qualidade e assim posso ficar mais vezes em posição de finalizar. É mais fácil fazer golos para mim», explicou Tanaka, completamente rendido a Portugal e, sobretudo, ao Sporting.

Publicidade

 «No primeiro dia no Sporting nem entendia o que o treinador dizia. Mas com o tempo tudo se resolve e hoje já consigo falar algo de português. Tenho de continuar a evoluir passo a passo e esperar por mais oportunidades», explicou o avançado dos leões, que tem bem definidos os objetivos, ambiciosos, claro está, a médio prazo: «Quero ser campeão no Sporting e jogar na Liga dos Campeões.»