FC Porto e Basileia encontram-se nos oitavos-de-final da prova mais importante de clubes, a Liga dos Campeões. Se a equipa suíça não está habituada a andar por estas andanças, o FC Porto é já um habitué em pisar estes grandes palcos nestas fases do “mata-mata”. Por isso mesmo, a experiência, a qualidade individual e colectiva, bem como a sua história recente, dão um natural favoritismo para a equipa portista, que terá a “obrigação” de prosseguir nesta prova. Os quartos-de-final representariam prestígio internacional, valor aos seus jogadores e muitos milhões em caixa.

Hoje, em Basileia, joga-se a primeira mão da eliminatória entre Basileia e FC Porto.

Publicidade
Publicidade

Este encontro tem contornos decisivos para as duas equipas e poderá ditar se toda a temporada foi um sucesso ou um fracasso, em termos de provas internacionais. O FC Porto já fez saber que tem grandes pretensões para esta edição da Champions, algo que se nota pela atitude positiva dos seus jogadores. Esta temporada, os dragões investiram forte no seu plantel e contam com muito jovens ambiciosos, que sonham com altos voos por grandes europeus; os jogadores emprestados ao clube portista, por seu lado, querem mostrar valor num palco internacional, para voltarem ao seu clube-mãe.

O Basileia, campeão suíço e comandado pelo português Paulo Sousa, já mostrou valor nesta competição, eliminando o Liverpool do seu grupo e ficando atrás apenas do colosso Real Madrid. Contudo, o FC Porto não foi em nada inferior no seu percurso até esta fase, conquistando o primeiro lugar isolado do grupo e, sobretudo, praticando um #Futebol de encher o olho.

Publicidade

Brahimi, Tello, Jackson e Quaresma têm sido as estrelas da companhia, conquistando os amantes internacionais do desporto-rei.

“Contra o Basileia não há favoritos”, admitiu ontem Lopetegui, em conferência de imprensa. Porém os factos são conclusivos, o FC Porto é favorito para este embate e em todas as vertentes do jogo e mesmo fora deste. Melhores jogadores, melhor equipa, mais experiência e melhor palmarés internacional; em tudo o dragão é superior. Conhecidos os factos, conclui-se que a afirmação do treinador do FC Porto ou é extremamente modesta - não querendo motivar os jogadores do Basileia -, ou não é completamente verdadeira quanto às suas convicções. #F.C.Porto